Lembra de Mim? - Sophie Kinsella

terça-feira, 10 de julho de 2018
Ano: 2009
Páginas: 400
Editora: Record

Sinopse: Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.

Por um bom tempo, eu basicamente ignorei todos os livros de Sophie Kinsella. Por qual motivo? Nem eu sei te dizer. Eu só não me interessava o suficiente para começar a ler algum de seus livros. Porém, depois que conheci sua escrita em Minha Vida (Não Tão) Perfeita, eu me apaixonei.

Eu adoro um romance, new adult ou chick-lit. Principalmente quando o autor consegue me fazer rir e me divertir junto com seus personagens. E é isso que Sophie consegue fazer em todos os livros que li até agora. Esse foi mais uma grata surpresa e espero poder passar isso nessa resenha.

» Resenha Minha Vida (Não Tão) Perfeita aqui.


Em 2004, Lexi está passando por um momento complicado de sua vida. O enterro de seu pai será no dia seguinte, ela tem uma vida mediana, não vai receber o bônus de fim de ano, tem um namorado que não estará lá no futuro e tem uma aparência desleixada. Por isso, a ideia de ir ao karaokê com as amigas e encher a cara, não parece uma má ideia. 

Porém, enquanto está esperando seu namorado fracassado pegar o carro para irem embora, ela escorrega e sofre um acidente. No dia seguinte, acorda desesperada. Ela perdeu o enterro de seu pai! Como ela pode ter perdido um momento tão importante para sua irmã e sua mãe? Enquanto tenta descobrir o que aconteceu com sua cabeça e quando poderá sair do hospital, descobre um pequeno detalhe que vai mudar tudo: ela está em 2007!
“Chega. Não aguento mais isso. Dei entrada no hospital há cinco dias em 2004, mas agora, magicamente, estou em 2007? Onde é que eu estou? Em Nárnia, cacete?”
Conforme as horas passam naquele quarto de hospital, Lexi descobre coisas sobre sua vida que não se lembra: ela tem muito dinheiro, está casada com um homem atencioso e lindo, é chefe de seu departamento, sua aparência é incrível e seu apartamento é o dos sonhos. Só tem um problema nisso tudo... Lexi não se lembra de absolutamente nada! Como pode viver uma vida estranha e se relacionar com um homem que nunca viu na vida? 
"Sabe, quando acordei, achei que havia pousado na vida dos meus sonhos [...] Achei que eu era como a cinderela. Era melhor que a cinderela. Pensei que devia ser a mulher mais feliz do mundo... [...] Não entendo por que virei uma vaca."

Eu li três livros da autora e sua fórmula deu certo para mim em todos eles. Ela consegue misturar o humor em sua trama, deixando a leitura bem leve e gostosa de ler. Por mais simples e comum que sejam as suas histórias, ela consegue te prender do começo ao fim e ainda te deixa com aquele sorriso bobo em várias partes.

Nesse livro, senti que a leitura foi mais arrastada no começo. Acho que pelo fato de ela ter que descobrir tudo o que tinha mudado em sua vida e na repetição de "eu não lembro" ou "não pode ser". Mas conforme eu passava por essas descobertas da protagonista, a escrita foi ficando mais fluida e rápida.

Eu gostei muito de Lexi e dos personagens que fazem parte de sua vida. Cada um deles é muito bem montado e com características bem definidas. Lexi é toda sem jeito e atrapalhada. Sua irmã chegou a me tirar do sério algumas vezes pelo esteriótipo de rebelde sem causa e sua mãe é o tipo de pessoa que você não quer se tornar haha Seu marido, Eric, é um cara muito estranho. Apesar de ser apresentado com o homem ideal, vamos percebendo que os dois não tem absolutamente nada em comum.
“Todo mundo precisa se esforçar de um modo ou de outro para que o casamento funcione. Só precisarei trabalhar a parte de “lembrar do marido”.
Já Jon foi um personagem que me envolveu completamente. Seu mistério e a forma como interagia com Lexi me deixava com mais vontade de ler e ver no que ia dar. Apesar de sentir que faltou um pouco mais de romance ali. Eles mereciam ser um casal e senti falta daquela tensão entre eles, que nos faz querer empurrar um para o outro o mais rápido possível.
"- Você não sabe nada sobre sua vida. - ele murmurou no meu ouvido, aí saiu da cozinha sem nem olhar para trás."
Conforme fui lendo, a mensagem que a autora quer passar fica bem clara: vale a pena apostar tudo para ter a vida perfeita? Além disso, gostei do fato de ela ter misturado núcleos de conflitos. Podemos encontrar problemas com suas amigas, em seu trabalho, com seu marido e com sua família. Isso ajudou no ritmo da leitura.

O final não é nada surpreendente e é até um pouco clichê, mas foi o suficiente para o desfecho desse livro. Achei fofo e era exatamente o que eu estava esperando. 


Não posso falar da diagramação desse livro, pois li em e-book. Porém, posso dizer que não gosto muito desse padrão de capa que era usado com os livros da Sophie. Agora eles mudaram e estão bem mais modernos.

Lembra de Mim? é um chick-lit com leitura de um dia que envolve, diverte e cura a ressaca literária. É recomendado para aqueles momentos em que precisamos de uma leitura mais leve e queremos acabar com um sorriso bobo no rosto. Não é o melhor da autora, mas vale a pena a leitura!

Compre na Amazon


Mari Zavisch
24 anos. Jornalista, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
17 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

17 comentários:

  1. Parece um livro bem peculiar, que pode agradar alguns e outros nem tanto!
    Vou anotar na minha lista!

    https://clebereldridge.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari
    Queria ter gostado desse livro tanto quanto você. Eu li ele depois que li Fiquei com seu número, um livro ótimo da autora e totalmente divertido, mas Lembra de mim? tem uma pegada mais dramática, além disso não gostei dessa fórmula de ser casada com alguém e sofrer perda de memória e descobrir que na verdade está com outro. Isso me incomoda por isso não fui muito com a cara da Lexi.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Mari!
    Eu também meio que ignorava os livros da Kinsella e nem sabia o porquê, hahah, acho que foi com Minha Vida Não Tão Perfeita que eu comecei a me sentir mais atraída. Porém, confesso não ser muito chegada em tantos chick lit assim.
    Fiquei intrigada com Jon, eu adoro personagens misteriosos.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari!! Eu adorei esse livro, foi o primeiro da autora que li e gostei muito da trama. Realmente é um pouco lento no começo, mas foi muito bom ir descobrindo aos poucos as memória da Lexie!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. nunca li nada da autora, mas sempre so ouvi coisas muito boas sobre ela. Porém, seus livros são bem caros. Da ate medo de comprar e ter gasto um dinheiro atoa.

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari,
    Eu tenho dois livros da autora por aqui, mas nem li ainda. haha
    Esse é um deles, que eu comprei errado, era pra ser outro da capa roxa. Fico pensando se foi o destino que quis que eu trouxesse ele, por algum motivo. Espero curtir, pois adorei seus comentários sobre o romance. Adoro torcer por casais assim haha.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mari

    Eu levantei as mãos pro céu quando vi que o novo livro dela possui uma capa diferente da do estilo usuas que a editora publicava, eu as achava muito feias e era um dos motivos para eu ignora-la! Hahahaaha
    Será que tudo é um sonho dela? Fiquei bem curiosa, nem lembrava desse livro! HahahaHahaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii Mari

    O único contato que tive com a KInsella foi o primeiro livro da Becky Bloom, que gostei,achei divertido, com a dose certa de drama, humor e romance. Tenho vontade de ler vários outros títulos da autora, incluindo esse que ja está na minha lista há algu tempo. Espero conferir ainda neste ano.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mari!
    Eu li dois livros da Sophie até agora (o primeiro da série Becky Bloom e Menina de 20), eu sempre sofro um pouco com o começo e o meio do livro, mas no fim acaba sendo um livro que eu curto. Eu gosto de como ela mistura bem o humor e como cria personagens femininas que estão lutando por si mesmas e buscando "ter tudo", que é fácil de se identificar (apesar de algns estereótipos que me irritaram em Menina de Vinte). Lembra de Mim? é um dos livros dela que estão nos meus planos para ler futuramente, muito bom saber que você curtiu, dá um animo maior de caçar ele em promo. :P

    bjs
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari!
    Nunca li nenhum livro dessa autora pelo mesmo motivo que você mencionou, nunca encontrei um que chamasse minha atenção.
    Mas a sua resenha me instigou bastante, pois adoro uma leitura com humor. Dica anotada!

    Abraço,
    Fernanda
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oii Mari.
    Eu também ignoro piamente os livros da Sophie, muito embora eu ame o filme de Becky Bloom. Espero que a fórmula funcione para mim já que uma meta é ler Emma Corrigan. Aí se eu gostar, também vou colocar ele na lista, já que a premissa dele me atraiu bastante.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  12. AAAAh eu também li esse livro recentemente e me apaixonei. Quer dizer, eu amo a escrita da autora (estou doida para ler Minha vida nem tao perfeita!!!) entao já era meio esperado que eu fosse gostar heheh ♥ Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  13. Uau, não sei bem explicar o quanto fiquei entusiasmada para ler a história. Sério! Obrigada por compartilhar. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, Mari.
    Eu tive uma fase chick-Lit e foi quando descobri a Sophie. Eu amei esse como todos os outros dela. Fiquei o livro todo na duvida se o que estava acontecendo era real ou era uma realidade alternativa hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oi, Mari!
    Eu vejo muita gente falando bem dos livros da Sophie, mas nunca li. Vergonha pra mim, pra minha familia, pra minha vaca...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  16. Oi
    sempre tive curiosidade de ler livros dela, mas acho eles meio caros, mas quero ler.
    As obras dela parecem ser bem divertidas e proporcionar uma ótima leitura, que bom que deu uma chance a autora e agora já leu 3 livros.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Um livro que traz lições e faz o leitor pensar sobre a própria vida. Muito legal. Ótima dica. Achei a capa fofinha também.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo