Delícia, Delícia - Donna Kauffman

quinta-feira, 26 de julho de 2018
Ano: 2016
Páginas: 296
Editora: Valentina

Sinopse: Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!

Quando eu vi essa capa, sabia que leria o livro. Olhem para esse cupcake, que coisa mais linda. Não dá vontade de experimentar? Sim, dá! hahaha Então, pesquisei a sinopse e pensei que seria uma boa leitura e que eu iria ver aquela tensão entre os dois personagens que eu tanto adoro. Tinha tudo para ser uma boa leitura... Mas né.


Leilane Trusdale é uma chef renomada em New York por seu trabalho em um dos restaurantes mais conhecidos de lá. Apesar da fama e do trabalho puxado que ela tanto queria, os problemas a encontraram. Fugindo de tudo, ela volta a morar em sua cidade natal em Sugarberry e abre uma confeitaria.

Porém, enquanto cuidava de sua própria vida e deixava todos os problemas para trás, seu ex-chefe aparece no fim de mundo em que estava morando. Esse problema tem o nome de  Baxter Dunne. Além de ser um chef muito, muito famoso, ainda é apresentador de um programa de culinária, o transformando em um dos homens mais cobiçados pelas mulheres e o homem por quem Leilane foi apaixonada por todos os anos em que trabalhou com ele.

Quando ela descobre que ele está na cidade para convencê-la a gravar uma temporada do programa em sua loja e com sua ajuda, Lani vê todos os problemas que ela deixou em New York, voltando para sua vida. Agora, perguntas giram em sua mente e as fofocas rolam soltas. Como ela pode lidar com Baxter e ainda assim ignorar tudo o que pensa sobre ele? Tudo o que ela descobriu que ele pensa sobre ela? A atração entre eles pode falar mais alto e colocar tudo a perder.
"Eu não estou bem sem você. Então fiz a única coisa que me restava fazer. Vim até aqui para descobrir como poderia ser a vida com você."


Essa capa e essa premissa me disseram tudo o que eu queria ouvir, mas encontrei algo completamente diferente quando comecei a leitura. Infelizmente, esse livro não funcionou muito bem para mim e tive dificuldades de pegar o ritmo. Enrolei mais do que o necessário para terminar e fiquei um pouco decepcionada.

O livro é narrado em terceira pessoa, segue sem muitas surpresas e revelações, tem um ritmo lento e uma trama arrastada e repetitiva. Eu fiquei esperando diversos momentos de tensão entre os dois, principalmente na cozinha, enquanto eles estavam gravando o programa, mas isso não aconteceu.

Aliás, as partes em que eles estão gravando o programa são pouquíssimas e passam como se não fossem importantes. Como se não fosse a desculpa de Baxter para passar um tempo ao lado de Lani. O que não fez muito sentido pra mim, pois essa era a premissa do livro.

Os personagens são ok. Não me cativaram o bastante e são um casal que também não me impressionou. Lani é uma mulher que foge de seus sentimentos, teimosa e cheia de coisas pré definidas em sua cabeça. Baxter é o mocinho que faz de tudo para que Lani mude de ideia sobre eles, um pouco egoísta e sempre que tenta fazer a coisa certa, faz errado.

A personagem que mais gostei foi Alva. Uma senhora moradora da cidade e que se intromete na vida de Lani sempre que pode. As partes mais legais eram quando ela aparecia. Até sorri algumas vezes com ela pelo seu jeito doidinho. A relação de Lani com seu pai também é bem legal e eu gostei disso. O dois se protegem e se amam demais, é bonito de ver.
"Tudo em Alva Lilas era mínimo, de sua altura a sua estrutura física, até os óculos bifocais com armação pequenina e prateada, na ponta de seu perfeito e minúsculo nariz. Ela era, em uma palavra, adorável.
A Betty White de Sugarberry."
O final não trouxe nada novo, nada surpreendente. Fiquei bem chateada quando terminei a leitura, pois esse livro tinha tudo para ser maravilhoso. Sério, tudo bem! Baxter era pra ser aquele homem com sotaque britânico que entra em nossos corações, a tensão entre eles era pra comer solta e os toques de humor ajudariam a ser um dos preferidos do ano. Mas não. 

Para não falar que não gostei de nada, achei que a descrição da confeitaria e da cidade foram muito bem feitas. Fiquei com vontade de conhecer a cidade e cada um de seus moradores. Comer os bolos e cupcakes de Lani e passar tardes cozinhando ali dentro - apesar de não saber cozinhar nada haha Ficou parecendo um lugar muito gostoso de se morar.


Não posso falar sobre a diagramação, pois li em e-book, mas a capa está lindíssima. Ela foi o principal motivo para eu ler <3 Adorei muito!

Delícia, Delícia é um livro que prometeu muito, mas entregou pouco. Ele tem todos os ingredientes certos e uma ambientação muito legal, porém ficou faltando um pouco de aprofundamento, talvez. Apesar disso, é uma leitura bem leve e que pode ser uma boa pedida depois de um livro mais tenso e difícil de ler. Vale a tentativa.

Compre na Amazon



Mari Zavisch
24 anos. Jornalista, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
18 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

18 comentários:

  1. Olá, Mari.
    É uma pena quando isso acontece. Eu também fiquei encantada com a capa e com o enredo, mas se não é bem isso que a história apresenta acho que vou deixar passar. Já fui enganada várias vezes por sinopses também.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari
    Você sentiu o mesmo que eu. Comecei a ler o livro com altas expectativas mas tudo é meio morno e os personagens nada cativantes, até dei um tempo para ver se voltava a ler depois mas pelo visto não vai rolar mesmo. Ao menos a capa é bonita.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi
    esse livro parece ser gostosinho, pena que pra você ele não funcionou muito bem, deve ser bem água com açúcar, ainda tenho um pequeno interesse na leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari! Como a pilha de leituras no momento anda grande, vou deixar pra depois. Parece um livro gostosinho, apesar de tudo, sem muito impacto rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oiii Mari

    Não sei se seria um livro pra mim também... essa capa é fofíssima, e a premissa é legalzinha, amo um chick lit mas com tantos poréns acho que tb demoraria pra engrenar no ritmo e ando numa fase que quando não me encanta de primera abandono mesmo... Então acho que esse melhor deixar passar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Poxa, mas eu achei que ia rolar uma tensão sexual bem forte na cozinha e não rolou nada? Realmente, decepcionante. Pela sua resenha ele me pareceu ser um livro beeeem lento e sem grandes acontecimentos, creio que apenas a Alva e essa capa linda salve esse livro, haha.
    Ahhh, quero te pedir ajuda para algo. Quando vc lê em e-book no celular, como vc faz? O livro fica em algum programa? Daí tipo, tu compra o e-book na Amazon e ele vai pra onde? Entende minhas perguntas? HuhauHUSHU.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  7. Oii Mari.
    Realmente a premissa da história + capa tornam-na bastante atrativa. Mas é uma pena que não cumpra o que promete. O engraçado que meu problema com esse gênero costuma ser exatamente isso: eu espero de mais de um livro de menos
    Beijos

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari,
    Eu sei que vai soar estranho, mas eu tenho uma queda por capas com cupcakes hahahaha. Eu adoro! Achei a premissa do livro muito interessante e realmente parece ser aquele livro que tem tudo para dar certo :( Agora com sua resenha eu me desanimei de ler e vou deixar para ler, não gosto quando a trama fica arrastada e repetitiva, preciso de livros que me façam ficar grudada nas páginas/celular nesse momento. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  9. Essa capa também sempre me chamou a atenção.
    Uma pena os personagens não terem te cativado tanto..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari,

    Ah capa é tão gracinha. Uma pena não ser tudo isso.
    Mas não descarto ler mais para frente, pois gostei de premissa.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari,
    Eu amo essa capa e já encontrei o livro em promoção, mas achei que fosse meio 'juvenil' demais.
    Acho que leria para intercalar com outras leituras mais pesadas.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Fiquei bem entusiasmada para conhecer quando li a sinopse e vi a capa. Mas, uma pena o livro prometer e não entregar tudo aquilo. Tinha tudo para ser bom, né?

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mari!
    Eita que sempre tem uma senhorazinha pra se meter e ajudar a vida do casal hein?
    Menina, que bad que não rolou pra ti esse livro :(
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  14. Oi Mari,
    Ah, essas capas com cupcakes são sempre fofas e me atraem também.
    Uma pena que a leitura foi repleta de altos e baixos. Mas, bem capaz de eu dar uma chance porque adoro romances que envolvem confeitaria HAHAHA

    P.S.: Sobre as séries da Agatha, a única que não curti foi Witness for the Prosecution. Por outro lado, And Then There Were None e Ordeal by Innocence são ótimas. Tomara que você curta. Depois que assistir, me fala. =D

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  15. Oie
    Que pena que a leitura não foi o que vc esperava. Olhando esta capa eu imaginava o outro tipo de enredo. É não curto muito narração em terceira pessoa.

    Beijinhos
    diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Mari!

    Eu lembro que também me encantei com a capa e a premissa na época que o livro lançou e até cheguei a ler o primeiro capítulo, mas aconteceu o mesmo que com você, não me cativou o bastante para prosseguir a leitura. Uma pena que a história deixe a desejar, porque a trama toda tem muito potencial mesmo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Meu Deus, amei a resenha! A capa e a premissa atraem muito a atenção, eu até tentaria ler, mas depois da sua resenha nao sei se funcionaria pra mim. Eu não sou fa de livros contados em terceira pessoa, mas quando a história e envolvente isso nem importa.

    Uma pena que o livro não foi o esperado.

    Beijão,
    Querida Cretina

    ResponderExcluir
  18. Oie,
    Li a resenha pela capa haha. Uma vez li um livro que tinha por tema culinária e me apaixonei por ele, um dos melhores que li, e ainda me deixou com gostinho de quero mais.
    Esse não me pegou, não gostei da sinopse criada para ele, e depois das coisas que você disse, vai ser difícil colocá-lo na minha lista de leitura. Mas eu achei a capa muito linda. Mas como dizem por aí: não se deve julgar um livro pela capa.
    Beeeijooo!!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo