Minha Versão de Você - Christina Lauren

domingo, 24 de junho de 2018
Ano: 2017
Páginas: 352
Editora: Hoo

Sinopse: Há três anos a família de Tanner Scott se mudou da Califórnia para Utah, fazendo com que sua bissexualidade voltasse para o armário. Agora, com apenas mais um semestre até o fim das aulas no colegial e seu tão sonhado futuro em uma universidade longe da família, ele só deseja que o tempo passe mais depressa. Quando Autumn, sua melhor amiga, se inscreve na aula de escrita e o desafia a participar, Tanner não consegue recusar o convite, afinal de contas, quatro meses é tempo mais do que suficiente para escrever um livro, certo? O garoto está mais certo do que imagina, pois leva apenas um segundo para que ele note Sebastian Brother, o prodígio mórmon que, nas aulas de escrita do ano anterior, escreveu e publicou o próprio livro, e agora orienta a turma. Se quatro meses é muito tempo, um mês pode não ser. E é exatamente esse tempo que leva para Tanner se apaixonar por Sebastian.

Preciso dizer que quando vi Christina Lauren na capa do livro, já sabia que ele seria bom. Além de que a capa é linda e me deixou com mais vontade ainda de ler. Demorei um pouco, mas consegui conhecer essa trama maravilhosa e colocar mais um livro das autoras na pilha de lidos.


Tanner Scott está no último ano do ensino médio e há três anos mora em uma cidadezinha cheia de mórmons. Além de ter que se acostumar com o clima frio e bem diferente de onde morava, na Califórnia, ele guarda um grande segredo: ele é bissexual. Aos treze anos descobriu sua preferência e apenas os seus pais sabem de sua escolha. 

E é exatamente por eles saberem que Tanner não conta para mais ninguém da cidade. Os pais o apoiam completamente, mas sabem que os moradores da cidade podem ter problemas ou o tratarem de forma diferente. Por isso, a regra é não revelar para ninguém. Nem sua melhor amiga, Autumn sabe. 

Essa escolha de esconder sua vida do mundo parece estar funcionando bem, até que Autumn resolve se inscrever na aula de escrita. Nesse momento, ela duvida que ele também consiga escrever um livro em apenas quatro meses e para provar que consegue, ele também se inscreve. Porém, é ali que ele encontra Sebastian.

O que Tanner não imaginava é que o garoto que deveria ajudá-lo em seu processo criativo, iria conseguir um lugar em seus pensamentos. Com suas bochechas rosadas e seu jeito tímido, Sebastian faz o coração de Tanner pular... O problema é: Sebastian é mórmon. Quais as chances dele ser gay, gostar de Tanner ou de se assumir, se esse fosse o caso?
"Sebastian dá um passo na minha direção e mais um e, com uma voz nada familiar, meu coração grita ISSO, VENHA CÁ. Mas, aí, me dou conta de que ele está apontando para irmos à mesa e começarmos a trabalhar.

Seja um mano, Tanner."
Aos poucos, os dois criam uma amizade e Tanner sabe o que pode dar tudo errado. Mas quanto mais ele pensa isso, mais ele se apaixona pelo garoto. E percebe que Sebastian também não consegue ficar muito tempo longe...


Bom, posso começar dizendo que esse livro é só amor. A escrita das autoras é bem fácil e elas trazem uma aula de como vivem e pensam os mórmons. Essa é uma parte grande da narrativa e é ótima para nos ambientar na trama. Dessa forma, ficou muito mais fácil de sentir a frustração que os personagens sentem em tantas partes do livro.

Os personagens são bem construídos e os principais são muito cativantes. Conforme fui conhecendo mais sobre eles, pude entender seus sentimentos e como tomar certas atitudes pode ser difícil. Tanner é um garoto maduro, incrível e forte. E a sua relação com os pais é sensacional. Eu adorei a forma como eles interagem e se entendem. Só amor!
"Sou apenas um garoto bissexual, meio-judeu, que está apaixonado por um garoto mórmon. Para mim, o futuro não é tão claro."
Sebastian, sofre com alguns preconceitos de sua família e preciso dizer que ele ganhou meu coração. Apesar de ter todo um drama envolvendo o garoto e por algumas ações que eu não gostei quando li, mas que entendi totalmente depois, ele conseguiu me encantar e me fazer sofrer junto com ele. Não tem como ser melhor, né?
"Ele é gay; ele não morreu. Ninguém saiu ferido. Sei que os pais de Sebastian são pessoas boas, mas que inferno! Eles inadvertidamente acabam de fazer seu filho sentir que tem algo a ser "consertado"."
Alguns pontos poderiam ter sido menos arrastados, mas os dramas do livro fizeram com que eu esquecesse deles. As autoras fizeram um ótimo trabalho ao deixar a trama sensível, delicada e bem envolvente ao mesmo tempo em que toca em assuntos polêmicos e que precisam de mais discussão


Não posso comentar muito sobre a diagramação, pois li em e-book, mas a capa desse livro é linda e me encantou completamente <3 Provavelmente, eu teria lido só pela capa hahaha

Minha Versão de Você é um livro que trata a descoberta do primeiro amor e todas as consequências que podem vir dela. Tocando em assunto polêmicos, esse romance LGBTQI+ me cativou e me ensinou muita coisa. Além de ser bem ambientado, interessante e com personagens que ganharam meu coração, seus dramas me fizeram sofrer e torcer para que tudo desse certo no final. Indico muito <3

Espero que tenham gostado e me contem se já leram ou se pretendem ler! Beijinhos.

Compre na Amazon


Mari Zavisch
24 anos. Jornalista, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
12 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

12 comentários:

  1. Oi Mari, tudo bem? Eu só li dois livros das autores e curti bastante a narrativa delas! Gostei do tema e dos protagonistas e é um tipo de romance que eu acho que iria curtir bastante!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari! Tudo bom?
    Eu me apaixonei demais por esse livro. Comprei ele de presente pra Duda e quase quis roubar pra mim UHASUHASUHUHASUHAS A narrativa é muito gostosinha de acompanhar e o Tanner, que menino mais precioso! Queria colocar num potinho e proteger do mundo <3
    Ótima resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. QUE BLOG MARAVILHOSO! <3 Isso que me deixa feliz em bloggar, poder conhecer blogs maravilhosos assim e eu amei tanto o nome do seu... *-*

    Mari, eu tô precisando muito mesmo de indicações de livros novos. Os meus já estão bem antigos, querendo comprar novos e eu amei a resenha deste, sinto que vou gostar muito, já anotei o nome. Gosto demais de livros de romance, tô doida pra conhecer o Tanner! *-*

    21invernos.blogspot.com/
    @21invernos ♥

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Adoro os livros desta autora e já estava curiosa por este livro. Pela sua resenha parece ser uma história bem interessante. Que capa mais linda, amei as fotos.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. sempre tive curiosidade em ler algo dessa autora curti mt essa resenha

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari,

    Sempre tive vontade de ler algo da autora.
    Essa história parece ser bonitinha apesar do drama dos dois personagens e seu romance meio proibido.
    Gostei da premissa, dica anotada.
    Bjs e uma ótima Semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  7. Oii Mari.
    Ai meu pai, que livro amorzinho.
    Eu ando bem por fora desse genero, mas sua resenha me deu uma bela convencida que eu preciso ler esse livro. Parece ser fantástico.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mari
    Eu nunca li um livro LGBT acho que geralmente as tramas assim não me chamam atenção porque nunca tive vontade de ler, e ainda tem o fator Christina Lauren, duas autoras que eu evito sempre que posso porque cansei das tramas delas kkkkk mas como o livro é adolescente pode ser que eu me surpreenda.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Mari.
    Eu nunca li nada das autoras, mas sempre vejo elogios as obras. Eu não sei se leria esse livro porque não gosto muito do gênero. Mas acho interessante um dos personagens ser mórmom porque nunca vejo nada sobre eles nos livros.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. É legal que o livro traga o conceito religioso dos mórmons, dessa forma o leitor não fica de fora da ambientação da narrativa. Com certeza o livro trata de assuntos polêmicos, religião e bissexualidade ainda são tabus em nossa sociedade, é bom que esse livro tenha trazido tais assuntos de forma delicada. Amei a resenha!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta
    [SORTEIO NO INSTA]

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mari!
    Nem preciso dizer que já li ne? Eu amei demais esse livro. Tanner um amor de pessoa e quis protegê-lo.
    Eu adorei como as autoras trabalharam os temas de uma forma honesta e imparcial, sem muito sensacionalismo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari, tudo bem?
    Meu primeiro contato com um livro da Christina Lauren não foi muito positivo, acho que eu estava com altas expectativas e me frustrei um pouco, mas sou adepta em dar uma segunda chance e gostaria de ler outro livro escrito por ela.
    Gostei muito da resenha, ainda não li nenhum livro com personagem (ns) bissexual e seria uma leitura interessante e nova pra mim.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo