Eternidade - Leticia P.S. (A adaga de Edwan #1)

terça-feira, 15 de maio de 2018
Ano: 2018
Páginas: 322
Editora: Coerência

Sinopse: Taylor Harper só queria ser normal, mas ela era uma Vampira Branca, com o poder sobre o elemento fogo, herdeira de uma Profecia e a única capaz de matar o Vampiro das Sombras, o mais poderoso vampiro que já andou sobre a terra. Desde que abrira os olhos pela primeira vez, Taylor soube que sua vida não seria nada fácil. Nascida em meio a uma guerra na qual os vampiros de sua espécie eram forçados a fugir e se esconder, esquecendo até mesmo como usar a sua magia interior como arma, Taylor acaba se vendo dividida entre salvar aqueles que ama e salvar o mundo inteiro. O destino de todos está nas mãos de Taylor.

Depois de um bom tempo sem ler fantasia, eu percebi que estava na hora de tentar voltar para esse mundo novamente e a parceria com a editora Coerência me ajudou nisso. Recebi esse livro em casa esse mês e só a capa já me deixou super curiosa para saber mais sobre a trama...

Taylor Harper é uma vampira. Mas não uma vampira qualquer. Ela é uma vampira branca, pode controlar o elemento fogo, ela é a única capaz de matar o Vampiro das Sombras e também carrega uma profecia nas costas. Praticamente uma garota sem responsabilidades hahaha Bom, eu vou explicar isso melhor para vocês.


Nesse mundo existem dois tipos de vampiros: os vampiros negros que são aqueles humanos transformados em vampiros e os vampiros brancos, que são o resultado da relação de vampiros negros com humanos. Essa nova espécie pode ter poderes e dons.

Com isso, em dias mais difíceis e cheios de guerra entre os vampiros, Taylor se vê em um momento muito complicado: seu namorado é morto e sua mãe foi capturada pelo Vampiro das Sombras. Ao tentar resgatá-la, praticamente faz um trato com o diabo. Se ela se entregar e ir para o inferno quando os portões se abrirem, sua mãe será solta. Se ela não fizer isso, sua mãe não viverá. 

Essa poderia ser a única possibilidade de salvar sua mãe se não fosse por um pequeno fato: Taylor é a única vampira capaz de matar o Vampiro das Sombras, que nada mais é que o vampiro negro mais forte de sua espécie que quer tomar o poder e tornar sua espécie única. Para isso, ela precisa encontrar a adaga de Edwan e só então salvar sua mãe e matar seu adversário.
"Na noite de 28 de maio, o céu ficará vermelho e chovera sangue sobre os olhos das criaturas da noite, e uma Vampira Branca dará a luz a uma criança capaz de encontrar a adaga de Edwan para matar o Vampiro das Sombras"

O problema é que Taylor não consegue escolher entre salvar sua mãe ou o mundo. Se ela escolher um, o outro pode não ser salvo.Ou seja, será que ela é capaz de abrir mão do que mais ama para salvar uma população inteira?


Esse foi um livro que me deixou muito feliz. No começo demorei para engatar a leitura e me vi um pouco perdida com tanta informação que fui recebendo, mas conforme fui me acostumando, percebi que estava imersa em um mundo muito bem montado.

Quando peguei o livro, pensei que seria mais um daqueles livros de vampiros em que nada de novo acontece e fui pega de surpresa com o mundo que a autora criou. Eu fiquei impressionada em como tudo era muito real e moderno, me colocando dentro da trama de uma maneria fácil. Quando peguei o ritmo, não conseguia mais parar.

A escrita da autora também é boa para a leitura. É simples, fácil e nos mostra os acontecimentos pela visão de vários personagens. O que é ótimo! Já que temos vampiros negros, brancos e humanos. Então, saber como cada um pensa e como as situações são diferentes para cada um deles, é bem legal.

Claro que temos o personagem que está ali para ser o par romântico de Taylor, o Jack. Achei que ele tinha sido meio jogado ali, pois no começo do livro é assim que ele aparece. Porém, ao longo das páginas, fui vendo que ele não era desnecessário e deu um toque extra e especial. Taylor e os outros vampiros também são personagens marcantes e me coloquei no lugar da vampira várias vezes. Afinal, deixar de salvar as pessoas que você mais ama para salvar o mundo, deve ser bem difícil. Ao mesmo tempo que salvar quem se ama e esquecer o restante do mundo parece um tanto quanto egoísta, não? Complicado...


A diagramação do livro tem seus pontos fortes e fracos. A letra e o espaçamento são muito pequenos, o que dá a impressão de que o texto foi sendo empurrado ali dentro para ver até onde cabia, sabe? Isso foi ruim, pois em vários momentos precisei abrir mais para ler o que estava na parte de dentro. Sem falar que desanima um pouco na hora da leitura. Porém, a capa está maravilhosa, as páginas amareladas são um grande trunfo e existem detalhes nos capítulos que são uma graça. 

Eternidade é um livro de fantasia que trata de assuntos como amor, amizade e perdas. Com muita ação e um ambiente muito bem criado e explorado, encontramos vampiros diferentes batalhando por seus interesses. Foi uma leitura surpreendente e que me prendeu fácil! <3

Bom, espero que vocês tenham gostado e que tenham vontade de ler também. Venham ficar com vontade de ler o próximo livro junto comigo haha Beijinhos!

Compre na Amazon




Mari Zavisch
24 anos. Jornalista, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
6 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

6 comentários:

  1. E eu que nem gosto de fantasia me vi tentada a ler esse livro! Eu gosto de histórias com vampiros, exceto as mesmas regravações de Crepúsculo, fora isso, aceito de tudo. Ainda mais sendo nacional, parece que as coisas se tornam melhores. Adoro esse mundo que elas criam, haja criatividade né!
    Vou ler com certeza.
    As fotos ficaram lindas demais.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Mari

    Eu amo fantasia, mas te confesso que os vampiros não são muito o meu estilo talvez porque ja estou saturada de tramas sempre parecidas. Essa no entanto parece ter um toque bem diferente, e esse mundo bem montado pela autora que parece tragar o leitor para tb ser parte da história muda tudo e deixa a leitura com certeza mais especial. Eu leria!

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii, Mari

    Menina, li tanto livro sobre vampiros na época de Crepúsculo que fiqueu meio enjoada. Hahaa
    Mas gostei desse lance de vampiros negros e brancos. E a escolha dele é realmente bem difícil, bate aquela curiosidade para saber o que ela vai decidir.
    E a diagramação está bem apertadinha mesmo, uma pena.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari,

    Estou carente de uma boa fantasia a algum tempo e, apesar de ter ficado um pouco receosa por ser sobre vampiros, depois de ler tua resenha fiquei bastante interessada na leitura.
    Com certeza a capa é linda e as páginas amareladas ajudam. Pena a letra e o espaçamento das linhas, acho que isso é bem ruim pro leitor, afinal de contas não se torna tão confortável, mas ok, faz parte.
    Acho que o fato de ter demorado um pouco a engatar na leitura e ter muita informação até pode ser um ponto positivo, por se tratar de fantasia é sinal de que o "mundo" está sendo bem construído de forma detalhada capaz de envolver o leitor.
    Vou anotar a dica!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu amo fantasia, mas não costumo ler acredita!???
    a capa do livro é linda mesmo!!!

    Beijos!

    http://virtualparadisee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari!
    Menina, outro dia li a resenha desse livro e fiquei doida. Faz muuuuito tempo que uma fantasia de vampiro não me conquista assim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo