Todas as Garotas Desaparecidas - Megan Miranda

domingo, 17 de dezembro de 2017
Ano: 2017
Páginas: 294
Editora: Verus

Sinopse: Faz dez anos que Nicolette Farrell deixou Cooley Ridge, sua cidadezinha natal, depois que sua melhor amiga, Corinne, desapareceu sem deixar rastros. De volta para resolver assuntos pendentes, Nic logo se vê imersa em um drama chocante que faz o caso de Corinne ser reaberto e remexe em antigas feridas. 
Logo ao chegar, Nic descobre que seu namorado da época está envolvido com Annaleise Carter, a jovem vizinha que foi o álibi do grupo de suspeitos para a noite do sumiço de Corinne. E então, poucos dias após a volta de Nic, Annaleise desaparece. 
Agora Nic precisa desvendar o desaparecimento de sua vizinha e, no processo, vai descobrir verdades chocantes sobre seus amigos, sua família e o que realmente aconteceu com Corinne naquela noite, dez anos atrás.
Todas as Garotas Desaparecidas é um suspense psicológico impactante — contado de trás para frente. Quando você pensa que está seguindo por um caminho conhecido, Megan Miranda — autora revelação no gênero do suspense — vira tudo de cabeça para baixo e nos faz questionar até onde estaríamos dispostos a ir para proteger aqueles que amamos.

Desde que esse livro chegou em casa, eu sabia que precisava deixar tudo de lado para começar a leitura. Eu fiz isso? Claro que não. Porque eu sou teimosa e não ouço os instintos literários haha No fim das contas, eu acabei deixando para as últimas semanas do ano uma trama que me prendeu do início ao fim.

Aliás, esse é o primeiro volume da série All The Missing Girls, cujo segundo livro já foi lançado no exterior. Mesmo sendo uma série, os livros são independentes e contam com personagens diferentes.

Nicolette Farrell deixou Cooley Ridge há 10 anos. Sua cidade natal ficou em seu passado, assim como todos os problemas e mistérios que aconteceram ali. Agora ela mora bem longe dali e está noiva de Everett, um advogado que é tudo o que ela não encontraria em sua antiga cidade. O problema é que o passado sempre volta para nos assombrar e chegou a vez de Nic.


“Eu vi aquela garota”. Foi essa pequena frase que fez com que Nic voltasse correndo para Cooley Ridge. A carta de seu pai, pouco lúcido, dizendo que havia visto a sua melhor amiga, desaparecida há 10 anos e um dos motivos para que Nic tivesse saído as pressas dessa cidade. Porém, logo ao chegar à cidade, descobre que seu ex-namorado, Tyler, está saindo com Annaleise Carter, a garota que foi álibi de todos eles no sumiço de Corinne.
"Para resolver um mistério, para resolver um mistério nesta cidade, é preciso ser daqui."
Conforme os dias passam, Nic precisa cuidar de seus problemas com o pai e a antiga casa que moravam, mas no meio de tudo isso, Annaleise desaparece da mesma forma que Corinne. Agora Nic se sente na obrigação de tentar descobrir o que aconteceu com a garota e pagar todas as suas dívidas por não ter encontrado Corinne. Conforme a verdade for aparecendo, ela vai perceber que o caso de sua melhor amiga também precisa ser remexido para que tudo faça sentido.


O ponto mais importante desse livro é: toda a trama é contada de trás para frente. Tudo bem, quem ouviu falar desse livro, já sabe disso. Porém, eu tinha imaginado uma forma totalmente diferente de narrativa. Na verdade, nem sei explicar o que eu imaginei haha Por isso me surpreendi muito quando me vi enrolada no meio de pensamentos e ações que não faziam sentido até que eu lesse o capítulo anterior e começasse a confusão tudo de novo.

No começo foi difícil me habituar com essa forma de narrativa, mas aos poucos eu senti que foi exatamente isso que me prendeu até o fim. Mesmo porque além de ser contado de trás para frente, temos alguns flashbacks de 10 anos atrás, o que deixou tudo ainda mais confuso em minha cabeça. Aos poucos, tudo foi se acertando e cheguei ao fim.
"Éramos uma cidade cheia de medo, em busca de respostas. Mas também éramos uma cidade cheia de mentirosos."
O final não me incomodou. Vi algumas resenhas e muitas pessoas ficaram decepcionadas. Eu achei muito ok e combinando com o restante da obra. O modo como Corinne e Annaleise sumiram nos traz respostas para o comportamento de alguns personagens que eu não entendia e que acabaram fazendo todo o sentido pra mim. Não surpreendeu, mas valeu haha.

Os personagens são apresentados sem muitos floreios. Eles são o que são e ponto final. Aquelas pessoas típicas de cidade pequena do interior, que são bem clichês, mas que deram certo nessa obra. Na minha percepção, a autora não quis tirar o foco dos mistérios e deixar todos serem suspeitos ao olhar do leitor quando fez uma apresentação rasa de cada um dos personagens.

Terminei o livro com a sensação de que tudo foi amarrado (não foi, mas só depois de refletir muito que percebi alguns buracos) e isso me deixou bem satisfeita. Mas já aviso que a ação só acontece no final. Antes disso, é Nic quem comanda tudo com pensamentos profundos e até um pouco filosóficos de vez em quando.


A diagramação do livro foi bem feita e não encontrei nenhum errinho nele. No começo de cada capítulo encontramos o desenho de uma roda gigante, o que mostra um cuidado da editora. Fontes, tamanhos e espaçamento são bons e facilitam na leitura. Sem falar que a capa é uma graça e chama a atenção do leitor.

Todas as Garotas Desaparecidas é um suspense diferente pela forma que foi escrito e não pela trama em si. Precisa de muita atenção do leitor e me deixou confusa várias vezes. Mas foi exatamente essa confusão que me fez chegar ao final e terminar mais um livro esse ano.

Recomendo para todos que gostam do gênero ou estão com vontade de se aventurar em uma narrativa diferente da que estamos acostumados. Espero que tenham gostado e me contem se já leram ou se querem ler. Beijinhos!




Mari Zavisch
24 anos. Jornalista, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
17 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

17 comentários:

  1. Oi! Eu gosto de suspense e fiquei curiosa para saber se as garotas são encontradas e quem fez isso com elas. É bem diferente quando a autora escreve a história de trás para frente, mas é instigante. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari!
    As opiniões divergem bastante sobre esse livro. Alguns amaram, outros odiaram. Eu fico no grupo dos que não sabem se irão ler algum dia hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Eu li um livro que tinha uma narrativa parecida com esta e foi muito legal, foi aquele livro "Onde cantam os pássaros" da Darkside.
    Fiquei curiosa pelo enredo, e só de saber sobre a narração já fiquei doida para ler. Esta capa está muito bonita.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse é o livro que mais quero ler em 2018. Quase dei um grito quando vi que você o resenhou hahahah AMEI a resenha e nem preciso dizer que estou mais ansiosa ainda pra ler né? Amo livros assim de investigação com drama e essa parada de ser de trás pra frente eu não sabiaaaaa, preciso desse livro AGORA!

    Beijoss
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari, tudo bem?
    Antes de tudo: parabéns pelo blog, já estou seguindo. :D
    Eu até tinha uma curiosidade sobre esse livro, mas a Denise leu ele lá para o blog e não curtiu muito. Então confesso que tirei ele da minha listinha.

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari.
    Estou lendo esse livro atualmente e estou gostando, mas não tanto quanto imaginava.


    Abraços,
    Natalia
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse livro parece ser bom!!
    Menina, eu amei seu template ahahhaa que coisa mais linda!
    Entao, meu primeiro cover saiu no youtube! Gostaria de te convidar para vê-lo e se inscrever no canal se gostar e falar pros migos <3 Essa ajuda seria ótima!!! Beijinhos https://www.youtube.com/watch?v=XOjBLK7UMb0&

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mari.
    Eu já ouvi falar desse livro mas nunca li, geralmente gosto de tramas assim, mas quando pego para ler, demoro uns dois anos para começar, pura preguiça haha mas ainda assim pretendo ler.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
  9. Parece ser meio louco esse livro, mas ao mesmo tempo esse suspense parece ser bem interessante.. quero ler em breve :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oii Mari

    Eu comprei esse livro e ainda não consegui começar, tenho receio por cotna de tantas e tantas resenhas negativas que li ultimamente, a tua me deu mais animo agora, que bom que gostou e depois de refletir resultou ser soerente, espero também gostar. Nunca li nenhum livro narrado dessa maneira, de trás pra frente, veremos que tal a experiência.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Mari!
    Se eu falar que estou lendo esse livro você acredita? Hahahah. Estou na metade!!
    Ainda estou no meio do livro e estou bem confusa, mas confesso que estou adorando o fato da narrativa ser de trás para frente :D

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  12. Excelente resenha, apesar de não ser o meu género preferido, quando vi este livro fiquei muito curioso, mas não sei se ia gostar só com acção sendo mais para o fim...

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  13. Oii, Mari. Amo livros de suspense e esse tá na minha lista, espero ler ele em 2018, amei a sua resenha principalmente por vc ter falado que a narrativa é mais diferente, já fiquei mais curiosa ainda para ler hahahaha
    - Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Mari! Eu não sou tão fã assim do gênero, mas achei a proposta narrativa bem interessante, apesar de parecer confuso hehehehehe Que bom que você gosto do final, mesmo com os buracos rrsrs Parece um livro bem diferente, fiquei curiosa.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Oi Mari,
    Vi várias opiniões sobre esse livro.
    Por ser suspense para ser bem interessante, mas fiquei balançada se leria ou não.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Achei bem interessante, ainda não conheci. Já anotei a dica, gosto de experimentar leituras diferenciadas :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Desde que esse livro chegou em casa, eu sabia que precisava deixar tudo de lado para começar a leitura. Eu fiz isso? Claro que não." Adivinha QUEM ME IDENTIFIQUEI? hauhauhauhauhauhauha

    Eu ainda não li este livro. Vi várias resenhas (inclusive a sua está maravilhosa) e quero muito dar uma chance para esta leitura ano que vem e desvendar esse mistério todo. <3

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo