Maybe Not - Colleen Hoover

domingo, 5 de fevereiro de 2017
Ano: 2015
Páginas: 150
Editora: Atria Books

Sinopse: Quando Warren tem a oportunidade de viver com uma colega de quarto, ele instantaneamente concorda. Poderia ser uma mudança excitante.
Ou talvez não.
Especialmente quando essa colega é a fria e, aparentemente, calculista Bridgette. Tensões vão a mil e os temperamentos explodem pelo fato de os dois não suportarem estarem juntos no mesmo lugar. Mas Warren tem uma teoria sobre Bridgette: qualquer um que possa odiar com tanta intensidade também pode amar com a mesma intensidade. E ele quer ser o primeiro a testar essa teoria.
Será que Bridgette irá dar uma chance para Warren e, finalmente, aprender a amar?
Talvez sim.
Talvez não.


Lá vem mais um da minha queridinha literária... Mas gente, como não se apaixonar pelas coisas que essa mulher escreve? Chega a ser absurdo, porque tudo fica bom! Colleen, eu quero ser como você quando eu crescer <3

Eu não sou de colocar muita expectativa nessas novellas, porque sempre fica aquela dúvida no ar “será que poucas páginas vão dar conta do recado?”. Só que os dois que eu li da CoHo, me fizeram mudar um pouco essa visão. Estou começando a achar que se derem 10 páginas pra ela escrever, vai ficar ótimo!


Ah, e se quiserem ler o livro que deu origem à Maybe Not, é só clicar aqui para ver a resenha de Talvez Um Dia (Maybe Someday).

A ideia de poder conhecer Warren um pouco melhor já tinha me deixado extremamente feliz, porque eu adoro esses personagens secundários que parecem implicantes, mas que são os engraçados da trama. Sem falar que eu tenho uma quedinha por secundários que eu não consigo explicar haha (Harlan Coben que o diga. AMO Myron, mas Win... Ah Win <3).

Então quando voltamos ao cenário de Talvez Um dia (Maybe Someday) fiquei feliz por ter sido pelo olhar de Warren. Foi ótimo rever Sydney e Ridge e queria que existisse outro livro deles, porque ai que amor esse menino <3 hahaha



Além de ser pelo olhar de Warren, ficamos sabendo a origem de Bridgette, de como ela foi virar colega de quarto deles e como tudo se desenrolou entre ela e Warren. No começo, ele não tem muita certeza se gosta ou não da ideia de ter mais uma pessoa para dividir o apartamento, só que depois de se perder na beleza de Bridgette, ele decide que gosta e gosta muito dessa ideia!
“Ela é má, Warren. Provavelmente, a menina mais má que eu já conheci. Então, se ela te matar enquanto estiver dormindo, não diga que eu não avisei.”
O problema é que ela é aquela pessoa que conhecemos no outro livro... Ele é arrogante, antipática e muito na dela. Ou melhor, essa é a imagem que ela passa para todos, porque seu passado é feio e esconde muitos problemas dos quais ela se recusa a falar. A melhor parte dela é que ela não se faz de coitada, ela repete várias vezes que é que ela é e não tem vergonha do que se tornou. Seu passado a moldou para ser daquela forma e dane-se quem não consegue lidar com isso. E ao invés disso afastar Warren como acontece com todos ao seu redor, ele só se encanta mais pelo desafio e logo percebe que ela é muito mais do que ela mostra para as pessoas.




Não preciso nem falar que os dois batem de frente o tempo inteirinho, né? E essa é a alma da trama. Afinal, o que ela tem de série e fechada, ele tem de engraçado e dado. Ele acaba se mostrando super carinhoso e ela demonstra sua dificuldade para abrir seus sentimentos. É essa batalha que eles travam todos os dias e que pudemos ter alguns vislumbres no livro anterior.

CoHo não decepcionou e não acho que vá fazer isso um dia. Pelo menos não comigo. Ela soube montar uma novella que deu aquele gostinho de quero mais, de “poderia virar um livro de 700 páginas”. Dá pra ler sem ter lido Talvez Um Dia, porém podem ter alguns spoilers. Então aproveita e já mergulha nos dois, porque vale a pena!!!

Fica mais essa dica para vocês e estou me sentindo triste, pois estou chegando nos últimos livros da CoHo e isso me entristece demaaais! Vou ler bem devagar hahaha Espero que tenham gostado e deixem seus comentários aqui. Beijinhos :*


Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
4 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

4 comentários:

  1. Oi, Mari! Eu fiquei louca quando soube que esse livro estava disponível para a leitura. Além de podemos conhecer Warren, ainda matamos a saudade dos antigos protagonistas que são um amor! Fico feliz que tenha gostado porque eu amei também.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mari!!
    Ainda faltam alguns muitos livros da CoHo para eu ler, então estou tranquila. Leia bem devagar mesmo, hahah.
    Eu achei esse livro bem engraçadinho!! Os comentários do Warren são demais <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari!
    Fiquei tão feliz em saber que dá pra ler esse sem ter lido Maybe Someday.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari!

    Puxa, eu não li nenhum livro da autora, mas quero ler todos em breve! parece ser uma ótima leitura! Já quero <3

    Bjs Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo