Novembro, 9 - Colleen Hoover

terça-feira, 10 de janeiro de 2017
Ano: 2016
Páginas: 352
Editora: Galera Record


Sinopse: Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?


Esse foi meu presente de natal. Um presente de natal que eu me dei, porque sabe como é né... Nós merecemos! hahaha E não me arrependi nadinha de ter escolhido esse livro como meu presente 💜


Eu li no final do ano passado, mas como vieram férias, viagem e problemas para resolver, não consegui fazer a postagem antes que o ano acabasse. Mas o que importa é que está aqui e vocês vão poder conhecer um pouco mais sobre mais essa obra sensacional dessa mulher que não escreveu um livro ruim até agora hahaha

Novembro, 9 é um livro típico de Colleen Hoover. Ele conta com reviravoltas, romance, perdão e desentendimentos. Tudo aquilo que esperamos quando pegamos umlivro da autora na mão e, mais uma vez, ela não nos decepcionou.

Não existe nada pior do que o dia nove de novembro. Não para Fallon.
Esse foi o dia em que a garota sofreu um acidente e teve grande parte de seu corpo queimado quando tinha apenas 16 anos. Agora, com 18 anos, as cicatrizes viraram parte de sua vida, sua carreira de atriz foi destruída e sua vida amorosa é inexistente. A garota odeia se olhar no espelho e esconde seu corpo sempre que pode, assim ninguém é obrigado a olhar para sua pele.



Só que esse nove de novembro se mostra diferente e promete mudar sua vida, pois ela conhece Ben. Um garoto de 18 anos e aspirante para escritor que decide mostrar para ela que nem tudo gira em torno de suas cicatrizes e que ela precisa se aceitar do jeito que realmente é. Após um dia perfeito juntos, Fallon deixa claro duas coisas pra ele: ela está se mudando para New York (naquela mesma noite) e ela é se proibiu de se apaixonar até completar 23 anos. 

Pois é, quando era pequena, sua mãe contou que antes dos 23 anos nenhuma pessoa se conhece de verdade e se você não é capaz de se conhecer, como você pode entregar seu coração na mão de alguém? Por isso, ela segue esse conselho de sua mãe.

Depois de tudo explicado e corações tristes por serem obrigados a se separar, os dois combinam de se encontrar nos próximos dias nove de novembro até que eles completem 23 anos e sejam capazes de se apaixonar um pelo outro. Deixando um novo significado para esse dia que antes era tão triste para os dois...



Conforme os encontros vão acontecendo, vamos conhecendo um pouco mais da vida de cada um dos personagens e entendendo um pouco mais do que aconteceu com cada um deles. Como o livro é feito apenas dos dias 9 de novembro, temos um ano inteiro para entender durante os encontros dos dois.

"Nunca amei alguém que odeio tanto, e nunca odiei alguém que amo tanto."

O livro foi muito bem escrito e também divide entre os dois pontos de vista, coisa extremamente essencial para o entendimento do livro. Sem falar que é muito mais legal ter os pensamentos dos dois personagens, né?!

Ao longo da leitura, vamos percebendo uma mudança nos dois, principalmente em Fallon. Os anos passam e os dois vão crescendo e se colocando em situações que nos deixa com raiva, dó e alegria. É uma mistura de sentimentos que nos faz abrir e fechar o livro várias vezes até a coragem de terminar a leitura nos alcançar.

"Além disso, tenho certeza absoluta de que vou pegar um táxi para casa logo depois de dar um soco na cara de Ben, então posso muito bem usar o banheiro enquanto estou aqui."

A explicação de todos os acontecimentos e das pistas deixadas ao longo do livro só chega no final do livro. E ela acontece com alguns interrupções, mais ou menos a mesma coisa que eu fazia conforme ia lendo haha Vi muitas pessoas dizendo que ficou muito forçado, mas eu achei que foi perfeito. Também acho que pode acontecer e não acho que foi dramático demais. 



Quando vocês chegarem no final, venham falar comigo e me digam se vocês não teria feito coisa parecida ou teriam pelo menos pensado em fazer. Porque acho que eu teria ficado revoltada da mesma maneira! 

Mais uma vez, Colleen Hoover mostra que é rainha em seu gênero literário e que é capaz de nos prender com qualquer tipo de tragédia haha 💜 Vale a pena a leitura e vale a pena sentir tudo o que ela nos passa em tão poucas páginas.

E pra quem amou O Lado Feio do Amor, se preparem, pois Tate e Miles aparecem nesse livro! Sim, quase cai no chão de tão amor que foi isso, mesmo que a aparição dos dois tenha sido tão curta.

Espero que tenham gostado e não esqueçam de deixar seus comentários aqui e me contem se já leram ou se pretendem apostar nessa leitura! Beijinhos 😘

Ah, antes de terminar tudo, como eu sou uma super fã da autora, vou deixar as outras resenhas que tenho dela para que vocês possam conhecer, beleza? É só clicar na imagem do livro 😉








Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
5 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

5 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Não tenho muita vontade de ler esse livro, mas uma amiga insistiu tanto que vou dar uma chance.
    Essa mulher é uma das melhores autoras da atualidade, na minha opinião.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi oiii
    Olha acho que tá na hora de eu realmente ler um livro dessa autora. Não dá pra ser a única no planeta a não ler nenhum livro dela né?! hahha
    Eu gostei da premissa desse livro, apesar de uma coisinha ou outra me incomodarem fiquei com vontade de ler.
    <3
    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari, puxa, eu não li ainda nada da autora, mas morro de curiosidade! Que bom que pra vc foi uma boa leitura! Só me deixou ainda mais curiosa sobre a narrativa da Coleen! Adorei a resenha e as fotos ficaram lindas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Uauuu, arrasou!!
    A Colleen é MARAVILHOSA, também sou muito fã ♥
    Ainda não li todos dela, inclusive esse da sua resenha!
    Mas só sossego quando ler todos rs

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  5. Me pareceu muito interessante, com certeza estará na minha lista de leitura.
    5kseopapese

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo