Esquadrão Suicida

sexta-feira, 19 de agosto de 2016
Sinopse: Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das "convocadas" por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.


Esquadrão Suicida. O filme esperado desse ano, pelo menos pra mim.
Um baita trailer, uma trilha sonora sensacional, ótimos atores e a receita perfeita para ser um filme maravilhoso. Logo que lançou, eu li algumas resenhas e comentários sobre o filme e percebi que eu poderia ter mais uma decepção no cinema, assim como foi com Batman vs Superman. Mas meu coração é de brasileira e eu resolvi não me abalar pelas críticas e tirar minhas próprias conclusões.

No dia de assistir o filme, juro que eu estava super animada. Minha empolgação era tão grande que não cabia dentro de mim haha Exagerada? Quase nada! hahaha O importante é que fui, comi pipoca, assisti o filme e sai da sala com uma conclusão: a DC tem um péssimo timing e eles são perfeitos para fazer um trailer... Agora, um filme...

Bom, apesar da maioria das pessoas já terem conhecimento da trama, vou explicar pra vocês um pouquinho mais.

Depois que Superman morre, o governo se encontra em um momento perigoso. Não há mais um super-herói para salvar a cidade dia após dia. Por isso, para tentar uma contenção melhor, Amanda Waller (Viola Davis) tem a ideia de criar uma equipe de metahumandos para ajeitar a cidade. O problema é que esses metahumandos são vilões que estão presos em uma das piores prisões. Mesmo assim, ela mexe uns pauzinhos e consegue criar o Esquadrão Suicida. Agora, o Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são obrigados a executar missões para o governo. Se eles tiverem sucesso, a pena deles diminui 10 anos. Se não conseguirem, Amanda aperta um simples botão e suas cabeças explodem. Fácil, não?


Na ideia principal desse Esquadrão, Amanda usa sua carta na manga: Magia (Cara Delevingne). Uma arqueóloga que foi possuída por uma bruxa chamada Magia e que pode ajudar muito em questões diplomáticas e para qualquer coisa, na verdade, já que a bruxa é muito poderosa. Só que ela vira as costas para o governo e liberta seu irmão, um bruxo muito poderoso. Assim, consegue ficar mais forte e tenta destruir tudo e todos ao redor. Claro, que o Esquadrão é o escolhido para combater os dois e salvar a cidade do mal que eles veem fazendo.

Agora, onde o Coringa se encaixa em tudo isso?
Durante todo o filme, ele aparece em apenas algumas cenas (bem poucas), tentando resgatar seu amor da cadeia, a Arlequina. E é isso. Acabou ai a participação dele no filme. Triste.


Um filme colorido, com ótimas músicas (sim, vou repetir isso pra sempre) e uma proposta que já tinha me comprado. Porém, ah, sempre tem um porém... Ele não chegou nem aos pés da minha expectativa.

Achei fraco, com personagens rasos, alguns deles não precisavam nem ter aparecido, porque não acrescentaram em nada. Sério. Tirando o Pistoleiro e a Arlequina, o único que chamou minha atenção e tem um papel importante no final do filme, foi El Diablo. De resto, pode juntar tudo e colocar em outro filme. Que aliás, é a mesma coisa com o Coringa. A aparição dele foi desnecessária. Só serviu para publicidade mesmo e eu ainda não sei se gostei do estilo de Jared Leto. É um Coringa diferente, mas que não me agradou, nem me convenceu.


Já Arlequina roubou a cena totalmente. Essa é a parte maravilhosa do filme! Ela é linda, louca e engraçada. Mostra seu lado sentimental e ao mesmo tempo em que nos faz rir, nos faz chorar. Margot só confirmou a ótima atriz que é. Estou apaixonada pela personagem e confesso já ter pensado em arranjar uma festa a fantasia, só pra ir vestida como ela hahaha Mas ai eu penso duas vezes, porque olha o tamanho daquele shorts, né?! haha Melhor deixar pra ela mesmo. Muita gente falou da atuação de Will Smith e de como ele foi ótimo. Na minha visão, ele só fez o que ele sempre faz. O tipo de personagem é o normal dele e não achei nada demais. Will Smith é um ótimo ator e só continuou fazendo um bom trabalho nesse filme. Ponto final.

Outra pessoa que merece um parágrafo aqui é Cara com sua personagem Magia. Eu esperava uma mulher possuída louca legal e medonha. Mas só vi uma mulher quase pelada, se balançando de uma forma estranha durante o filme inteiro. Sem falar que a atuação dela não chama muita atenção também.


Assim como em Batman Vs Superman, achei o filme muito longo e eu também não consigo explicar direito o que faltou para que eu gostasse dele. Não consigo apontar erros, só sei que me decepcionei. Talvez pela minha expectativa estar lá no alto, mas isso não muda o fato de que poderia ser bem melhor! Se ele fosse um terço do que o trailer é, já estava bom.

SPOILER SOBRE CENA PÓS CRÉDITO

É aqui que eu explico o motivo da DC ter o pior timing do universo.

Após os primeiros créditos, há uma cena extra. Ela seria ótima, se não tivesse saído o trailer da Liga da Justiça dias antes.

Ela mostra Bruce Wayne pegando fichas e o perfil de vários metahumanos com Amanda Waller. Isso seria sensacional e deixaria todo mundo esperando um próximo filme, se eles não tivesse feito a besteira de lançar tudo antes desse filme ter saído dos cinemas. Pra mim, foi uma baita burrice e não consigo nem explicar o quanto isso me deixou chateada haha Sério.

FIM DO SPOILER SOBRE CENA PÓS CRÉDITO

Bom, não sei se eu assistira o filme de novo e estou chateada. É só isso que eu consigo dizer haha Esperava um super filme e não consegui nem a sombra do que imaginava. Agora é a vez de vocês me contarem o que acharam e se pretendem assistir, beleza? Beijinhos!

Ah, e fiquem com o trailer para vocês se apaixonarem por ele, como eu fiz haha





Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
3 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

3 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Menina, realmente a Cara estava se balançando de um jeito beem estranho. Parecia aqueles bonecos de posto hahhahahah
    No geral, eu gostei do filme, apesar dos pesares.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu realmente amei esse filme, sério! De todo o meu coração <3
    Os holofotes se viraram para o Coringa quando o filme foi anunciado e ele apareceu por no máximo 30 de filme...
    Arlequina virou a minha musa. Tô lendo as HQs <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  3. Esqueci de falar... TENHO UMA CAMISETA IGUAL A DELA!! Hahah <3

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo