O Ar que Ele Respira - Brittainy C. Cherry

terça-feira, 26 de julho de 2016

Ano: 2016
Páginas: 308 
Editora: Record


Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Esse foi o meu livro de estréia da autora. Sr. Daniels está na minha lista faz tempo, mas até agora não tive oportunidade para lê-lo. E depois de ler O Ar que Ele Respira, tenho certeza que vou dar uma chance para os outros livros dela!

Aliás, eu já tinha isso livro fazia um bom tempo. Estava em inglês e ficava me encarando toda vez que eu abria meus livros digitais, pedindo para que eu começasse a leitura. Até comecei uma vez, mas por ser uma estória triste, acabei deixando de lado para ler alguma coisa mais animadinha. Não estava numa vibe de livros tristes. Então, quando vi a oportunidade de pedi-lo pela parceria, não tive dúvida alguma.

Além dessa capa ser maravilhosa (já me apaixonei por Tristan sem nem ter começado a ler o livro, só de ver esse homem da capa meu coração já bateu mais forte haha), o livro trata de um assunto forte e muito triste, que toca seu coração e faz você se colocar no lugar da pessoa.

O livro começa com um flashback do passado. O dia em que a vida de Tristan ia mudar para a pior. O dia em que todos os pedacinhos de sua alma, iam morrer pouco a pouco. Enquanto ele e seu pai estavam indo fechar um contrato para abrir a própria loja, ele recebe a pior notícia do mundo: seu filho e sua mulher haviam sofrido um acidente e a situação deles era crítica.

Eles não sobrevivem ao acidente e a partir desse dia, Tristan se transforma em uma outra pessoa. Alguém sem vida e sem alma, que simplesmente se arrasta e se obriga a viver dia após dia.


Com Elizabeth a história é meio parecida. Seu marido morreu há um tempo atrás, a deixando com o coração partido, a alma despedaçada e um dor constante e não tinha ideia se algum dia isso ia passar. A única coisa que alegrava sua vida, era Emma. Sua filha. Depois de fugir de sua vida, e ter ficado um período na casa de sua mãe, Elizabeth decide voltar para casa e tentar recomeçar. Ela precisava disso.

Só que antes mesmo de chegar em casa, percebe que vai ser um pouco difícil, já que atropela um cachorro. Sem saber o que fazer, oferece uma carona para o dono até o veterinário e tenta esconder seu desespero dentro de si. O dono do cachorro é um novo morador da cidade e extremamente grosseiro. A trata muito mal e não é capaz nem de agradecê-la após ela ter pago a conta toda do tratamento de seu cão.


Após esse dia, os dois passam a se encontrar em vários lugares da cidade, mas ele continua sendo um homem frio e quebrado. Ela consegue perceber isso. Enquanto todos dizem que ele parece ser um psicopata e louco, ela vê em seus olhos a dor e o medo. Descobre que ele é seu vizinho e aos poucos, ela e Tristan começam um relacionamento para lembrar, pois todas as vezes que ficam juntos, a memória dos entes falecidos aflora e eles acabam vendo o ex-marido e a ex-mulher um no outro.
"Emma sempre brincava com Zeus no jardim, e eu ficava sentada na varanda, lendo um livro. Mesmo quando o coração está em pedaços, ainda resta uma esperança quando se lê um romance. Ao virar as páginas, eu pensava que, um dia, tudo ficaria bem novamente. Eu tinha esperança que esse dia chegaria logo."
O problema é que eles podem se apaixonar. Parece certo depois de tão pouco tempo, se envolver em um relacionamento? Os dois podem ser capazes de deixar o passado de lado e viver o presente? E o pior, ao longo do tempo, segredos serão revelados e tudo vai desmoronar de vez.

MEU SENHOR. Que livro é esse?

Eu sou um pouco chata com livros tristes, porque não sou muito fã, mas esse livro... Me tocou na alma e me fez ser Elizabeth nas horas em que eu estava lendo. Por ser uma estória possível e que deve acontecer com muitas pessoas, eu me senti dentro dela. Senti a tristeza dos dois e me apaixonei por eles. Entendi todas as ações deles, tanto o monstro em que Tristan se tornou quanto na pessoa incompleta que Elizabeth se transformou. Me senti sozinha junto com eles e precisei segurar o choro dentro do ônibus haha
"- Tenho que perguntar. A varinha no seu dedo indicador... Que livro é esse?
- Harry Potter - respondeu ele com autoridade.
- Ah. Nunca li.
- Você nunca leu Harry Potter? - Perguntou, preocupado.
- Desculpe, isso é um problema?
Ele me encarou, perplexo, me julgando.
- Não, é que você sempre está com um livro na mão. É inacreditável que não tenha lido Harry Potter. Era o favorito do Charlie. Acredito que existem duas coisas no mundo que todos deveriam ler, porque ensinam tudo sobre a vida: a Bíblia e Harry Potter.
-Verdade? Só essas duas coisas?
- Sim. São tudo de que as pessoas precisam. E, bem, eu ainda não li a Bíblia, mas está na minha lista. - Ele riu. - Acho que esse é o motivo de nada dar certo na minha vida."
A escrita dele é leve e fácil, te fazendo entrar na estória logo nos primeiros capítulos. Sem falar que depois que comecei a ler, não consegui mais parar. Li em um dia e se não tivesse ido trabalhar hoje, teria lido mais rápido ainda. Sim, eu li hoje! Passei na frente de outras resenhas prontas que tenho aqui, porque eu estou encantada com esse livro.

A diagramação é ótima, capa linda, um trabalho muito bem feito. A ressaca literária está batendo na minha porta e pedindo para eu deixá-la entrar em meu coração haha É um romance obscuro, cheio de dor, perda e vazio, mas que nos mostra como toda essa parte ruim, pode se transformar em algo bom. Algo muito bom! Se vale a pena? Acho que eu nem preciso dizer, né?!

Espero que todos possam ler esse livro e se apaixonar pelos personagens, como eu me apaixonei! Não esqueçam de deixar seus comentários e me contar se querem ler o livro, hein?! Beijinhos <3




Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Meu Deus! Mais um personagem na minha vida que nunca leu Harry Potter!
    Tipo... Sr Daniels eu não tenho vontade de ler, mas esse aqui sim. Vai entender.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oiii Mari
    AI CARAMBAAAAA, PRECISO DESSE LIVRO 100OR!!!!
    A premissa tá ótima, a capa arradora e aí tu me vem com essa resenha MA-RA-VI-LHO-SA?!!!!
    QUERO! u.u kkkk
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo