A Guardiã de Histórias - Victoria Schwab

terça-feira, 14 de junho de 2016
Ano: 2016
Páginas: 322
Editora: Bertrand Brasil


Sinopse: Imagine um lugar onde, como livros, os mortos repousam em prateleiras. Cada corpo tem uma história para contar, uma vida disposta em imagens que apenas os Bibliotecários podem ler. Aqui, os mortos são chamados de Histórias, e o vasto domínio em que eles descansam é o Arquivo. Mackenzie Bishop é uma implacável Guardiã, cuja tarefa é impedir Histórias geralmente violentas de acordar e fugir do Arquivo. Naqueles domínios, os mortos jamais devem ser perturbados, mas alguém parece estar, deliberadamente, alterando Histórias e apagando seus trechos essenciais. A menos que Mac consiga juntar as peças restantes, o próprio Arquivo sofrerá as consequências.



Já vou confessar logo no começo que esse livro não foi uma escolha totalmente espontânea. Esse foi mais um livro que eu fiquei louca de curiosidade depois do encontro dos parceiros. A Shirlei ficou tão empolgada, mas tão empolgada contando essa estória, que quase contou o final hahaha E claro, a empolgação dela me contagiou e não pude deixar de pedir o livro.


Já fiquei apaixonada pela capa logo de cara. Ela é simples de tudo, mas é super bonita e combina demais com toda a estória. O único ponto que não me conquistou, foi a diagramação das páginas. É até estranho no começo da leitura, pois parece que ficou faltando alguma coisa na página, um nome, um desenho, sei lá. Qualquer coisa. Mas o importante, é que isso fica totalmente em segundo plano depois que você começa a leitura. 

E é a curiosidade que faz com que você tenha vontade de continuar o livro e é essa mesma curiosidade que faz Mackenzie, a personagem principal, entrar em várias roubadas... Quer entender melhor? Então vamos começar essa resenha logo ;)

Mackenzie Bishop é uma garota que acabou de perder seu irmão, Ben, de 10 anos. Para seguir em frente e focar no futuro, seus pais decidem começar uma nova “aventura”: eles vão morar no antigo hotel Coronado. O prédio existe há muitos anos e após algum tempo servindo de hotel, foi transformado em um prédio residencial. Sua família escolheu aquele local, pois a mãe pretende reformar a cafeteria que tem no lobby do prédio e tomar um novo rumo em suas vidas.
Só que para Mackenzie, as coisas não são tão simples assim... 
Antes de morrer, seu avô a ensinou o que eram História (sim, com H maiúsculo), Estreitos e Arquivos. Ele a ensinou que uma chave e um anel são muito mais do que um simples objetos. Mackenzie aprendeu que com um anel, ela pode bloquear as histórias que cada objeto ou pessoa carrega dentro de si. Com uma chave, ela pode chegar nos Estreitos. Nos Estreitos ela pode encontrar Histórias, as quais ela tem que devolver para o Arquivo. E o Arquivo, é onde corpos ficam em prateleiras como se fossem livros, esperando para que um Bibliotecário os leia e guarde as suas memórias... Confuso? Mais ou menos.


Então vamos lá. Mackenzie aprendeu que depois que a pessoa morre, seu corpo é levado para o Arquivo, onde Bibliotecários leem suas lembranças para que nada seja esquecido. É um lugar onde pessoas trabalham para que o passado não seja esquecido. Esses corpos são chamados de Histórias e alguns deles tem o sono bem leve. Quando uma História acorda, ela vai parar nos Estreitos, um corredor com muuuitas portas que podem levar para o Exterior (o mundo normal), para os Arquivos, para o Retorno ou para lugares muito ruins. O trabalho de um Guardião, é encontrar as Histórias perdidas nos Estreitos e colocar elas dentro da porta do Retorno, assim elas voltam para sua gaveta e tudo fica bem. Isso é o que Mackenzie faz. Ela é uma Guardiã. Ela carrega a chave que abre as portas para o Estreito e para o Arquivo. Ela é a responsável pelo retorno das Histórias. 
"- Você sabe o que é uma História?- É o passado - respondo.- Não, Kenzie. Isso é história com h minúsculo. Estou falando de Histórias com H maiúsculo. Uma História é... - Você pega um cigarro e o gira entre os dedos. - Você pode pensar nela como um fantasma, mas não se trata realmente disso. Histórias são registros.- De que?- De  nós."
É normal que Histórias acordem, uma ou outra sempre resolve dar um trabalho a mais, mas isso é normal. O problema é que desde que ela se mudou para o Coronado, sua lista vive cheia de nomes de Histórias que acordaram. É uma quantidade absurda e que a faz pensar que alguém, dentro do Arquivo, está acordando as Histórias de propósito... 


Como Guardiã, Mackenzie consegue ler objetos e pessoas. Se ela encostar as mãos no chão, ela consegue ver tudo o que aconteceu naquele espaço, todas as lembranças deixadas lá. Isso acontece com qualquer objeto que ela tocar. Com as pessoas vivas, ela sente tudo o que a pessoa está sentindo. E com esse dom, ela descobre que em seu novo quarto, aconteceu um assassinato. Só que as lembranças em outras partes do prédio foram apagadas, foram alteradas.

Agora ela tem que descobrir o motivo dessas alterações, o motivo de ter tantas Histórias acordando e tem que aprender a lidar com a única outra pessoa que sabe de seus segredos: Wesley Ayers. Um garoto que também é Guardião e quer ajuda-la a todos custo.


Existem tantas coisas dessa estória que eu poderia contar pra vocês, que me faz entender o motivo de Shirlei ter contado tanta coisa no dia do encontro hahaha É uma descoberta atrás da outra, uma coisa mais importante que a outra e parece que a qualquer momento, tudo vai explodir de tanta informação que nos é passado. Eu tentei situar vocês na trama e deixar com que vocês entendessem o que cada palavra significa no livro e com isso já explicando o título.

Pode ter ficado um pouco confuso, mas o fato é que: um assassinato aconteceu e não há mais nenhuma lembrança sobre aquele período. Não há nenhum registro de que alguém tenha morado naquele apartamento, não há registro de nada, na verdade. Um período do passado simplesmente sumiu. O que é super estranho, certo? E é esse assassinato que vai conduzir o livro inteiro. É ele que aguça a curiosidade de Mackenzie e é o que vai colocar a garota em apuros, como sempre hahaha

Um livro muito bem escrito, que parece confuso, mas cada palavra se encaixa de uma forma excepcional. É uma estória muito bem contada que não deixa dúvida alguma e que não teve buracos. Foi mais uma leitura que me prendeu até o final e me fez querer conhecer esse mundo de Guardiões e Histórias. E, apesar dessa resenha, ele não é nada complexo. As explicações são feitas de forma simples e que te dá o entendimento logo de início. 

E, ah, conforme Mackenzie vai se deparando com as problemática das estória, nós podemos acompanhar flashbacks de quando seu avô a estava ensinando e treinando. São partes bonitinhas e com ensinamentos importantes na vida da garota.

E não esqueçam, é uma trilogia!! Então tem mais Histórias e Mackenzie para nós <3

Enfim, esse é mais um daqueles que eu desejo que todos tenham a oportunidade de ler, pois a estória é extremamente bem contada. Fica ai mais uma dica pra vocês! Não esqueçam de comentar e deixar a opinião de vocês, hein?! Beijinhos.




Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
4 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

4 comentários:

  1. Olá, Mari!!!
    A história é tão diferente de tudo que eu já vi por aí, que eu fiquei curiosa. O jeito que você contou a história me deixou animada, igual a você e sua amiga, hahaha.
    Espero poder ler em breve!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom então haha
      Porque essa foi uma leitura que valeu muito a pena, viu?!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Amei a sinopse parece ser demais ♥ eu fico impressionada como você repassa tão bem em palavras a história que parece que estamos conversando (rs) queria que tivesse filme de todos esses livros que você indica , infelizmente eu não tenho tanto tempo pra ler :,/ beijos beijos

    www.cheiadeinvencao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada <3
      Seria sensacional se tivesse uma forma mais fácil de ver/ler tudo o que gostamos nos blogs dos outros, né?! hahaha
      Beijinhos

      Excluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo