A Coroa - Kiera Cass

terça-feira, 7 de junho de 2016
Ano: 2016
Páginas: 310
Editora: Seguinte

Sinopse: Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

Eu estava louca para comprar logo esse livro, afinal, eu torcia tanto para Kyle ficar com Eadlyn que eu não podia deixar para ler depois haha Sem falar que a cor dessa capa é a mais bonita de todas, né?!

Quando falamos de Kiera Cass, já pensamos em linguagem fácil, texto fluído e personagens com personalidade. Apesar desse quinto livro não focar tanto na seleção da princesa, ele nos mostra um outro lado de Eadlyn: a dificuldade de governar e ser aceita pela população.

Ah, claro! Tem a parte do amor e do coração falar mais alto... Mas o que será que aconteceu com os meninos da seleção? E quais foram os que ficaram na Elite? Vem tentar adivinhar comigo ;) E ah, se você não viu a resenha do primeiro livro de Eadlyn, confere a resenha aqui.

Depois que Ahren, seu irmão gêmeo, sai escondido do palácio para se casar com Camille, tudo vira de ponta cabeça para Eadlyn. Sua mãe teve um ataque cardíaco ao descobrir o que o filho fez e com isso Illéa perdeu seus dois governantes: a rainha por estar internada e o rei por cuidar 24 horas da esposa. Fora que a seleção ainda está de pé, ou seja, vários garotos andando por lá, só esperando a princesa decidir com qual deles ela vai querer ficar.


E é no meio de toda essa confusão que Eadlyn se torna a governante temporária de Illéa e o seu maior problema é a aceitação do povo. Da última vez que tentou se aproximar da população, voltou para casa suja e com muito para pensar. Eles não gostavam nada dela e não conseguiam apoiar uma governante tão fria igual a ela.
"- Houve discordância quanto aos nomes do meio, então me chamo Eadlyn Helena Margarete Schreave.
- Que empolado! - ele provocou.
- E pretencioso também. O significado literal do meu nome é "princesa pérola brilhante".
Ele tentou esconder o sorriso.
- Seus pais te deram o nome de "princesa"?
- Deram. Então eu sou a rainha princesa Schreave, obrigada."
Por isso, Eadlyn começa a mudar algumas coisas. Tenta se mostrar o mais preocupada possível com seu povo e com a ajuda de Marid, velho amigo da família, começa a fazer reuniões com a população para que os problemas sejam expostos e assim trazer uma solução para que todos fiquem contentes... Só que as coisas não saem como o planejado.

Aliás, nada sai como o planejado! Alguns garotos da seleção começam a mudar e revelações são feitas. Talvez o garoto certo para ela, não seja o certo para a seleção. Talvez não seja certo segurar alguém só porque alguém disse que ela teria que participar de um jogo desses. Talvez as pessoas que ela confia, não são exatamente o que ela pensava... E talvez, ela seja a pessoa certa para governar Illéa.


Antes de começar a ler, li algumas resenhas de A Herdeira para lembrar um pouquinho da estória. Nisso descobri que muitas pessoas não gostaram de Eadlyn, por causa do jeito dela. Fiquei surpresa, porque eu a adoro! Gosto muito de a princesa não ser aquela menininha cheia de mimimi que estamos acostumados. Era o charme dela, ser uma pessoa mais pé no chão e meio fria em algumas situações. E acho que foi por isso que nessa continuação, Eadlyn se tornou outra pessoa. O fato dela precisar agradar o povo de Illéa, nada mais é do que uma tentativa de agradar os leitores insatisfeitos. Mesmo com as mudanças, ela não ficou chata, até porque mudas todas as características dela não seria viável, né?!

Eu poderia ter contado muitas coisas, mas achei o livro muito bom em matéria de surpresas. Claro, nem tão inesperadas assim, mas ainda assim, surpresas. Muita coisa acontece e achei interessante a forma como podemos acompanhar Eadlyn crescendo como pessoa.


Esse livro conta muito mais uma estória de crescimento pessoal e de vencer os problemas do que sobre a seleção. Existe aquele toque romântico em algumas partes, mas não é o foco. O que eu achei interessante, senão ia ficar muito parecido com os livros de America e Maxon e poderia ser cansativo.

Eu sempre fico esperando um pouco mais de Maxon, porque eu amava ele na seleção dele. O jeito dele me cativou demais e ele foi totalmente apagado novamente. Ainda que nesse segundo livro, a personalidade dele esteja mais parecida com a de quando era mais novo, do que no primeiro, mas ainda faltou um pouco. Faltou aquela pimenta, sabe?! Eu entendo que ele não é o foco do livro, mas se tivesse mais partes pai/filha seria ótimo <3

Se você prestar muita atenção no primeiro livro de Eadlyn, você já descobre com quem ela vai ficar! É bem fofo, sério <3 Não consegui me conter em algumas partes haha me apaixonei muito fácil pelo casal lindo.
"Mas a verdade é que o amor é tanto destino como planejamento, tanto beleza como tragédia."
É aquela coisa, Kiera Cass nos faz suspirar pelo casal. Claro! haha Agora estou chateada, pois a série acabou. Me senti órfã quando cheguei na última página e pensei “é isso”. O desfecho foi legal, mas eu queria mais, muito mais haha

Espero que quem está querendo ler o livro, leia logo e quem não conhece a série, conheça! É uma gracinha e te conquista muito rápido ;) Deixem os comentários aqui e me contem tudo!!! Beijinhos :)



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Olá, Mari linda!!
    Eu comprei há um tempo atrás "A Seleção", mas ainda não comecei a leitura, e essa resenha de "A Coroa" tá me fazendo desistir das leituras atuais para começar logo, hahaha.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Já li, acho que sou meia lenta para não perceber com quem ela ia fi ar quando li o primeiro livro dela kkkk Sempre torci pelo Kille. Foi uma surpresa o final, e foi perfeito! Quero ler mais livros da Kiera, espero que ela escreva outra série de livros hahaha <3 Seu post ta Lindo!!
    Jardim de Palavras
    Vintage Feelings
    Grande Vaidosa

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo