After: Depois da Verdade - Anna Todd

quarta-feira, 4 de maio de 2016
Ano: 2015
Páginas: 632
Editora: Paralela

Sinopse: Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad, a série After vira o novo fenômeno editorial. No segundo livro, Tessa tenta esquecer Hardin, o jovem caótico e revoltado que partiu seu coração em vários pedaços. Mas ela está prestes a descobrir que alguns amores não podem ser superados. Como apagar da memória as noites apaixonadas em seus braços, ou a eletricidade de seu toque? Hardin sabe que cometeu o pior erro de sua vida ao ter magoado Tessa tão profundamente. Ele não acha que merece tê-la de volta, mas se recusa a deixá-la partir. Neste livro, Hardin vai lutar com toda a sua força para reconquistar o grande amor da sua vida. Ao longo do caminho, os seus mais profundos segredos serão revelados. Depois da verdade, será que o amor de Tessa e Hardin resistirá?

Depois de ler o primeiro com tanto afinco (você pode conferir a resenha aqui), eu fui correndo começar esse segundo volume. Porque vamos combinar né, quem é que termina um livro daquele jeito? Hahaha Era caso de vida e morte para saber o que ia acontecer com o casal que eu aprendi a gostar tanto.

Eu não tenho certeza se a série toda de livros é boa até a última linha, mas que Anna Todd sabe como nos prender, ah, isso ela sabe muito bem! Aconteceu comigo a mesma coisa que rolou no primeiro livro: eu tinha tudo para odiar, o livro é grande demais para o que acontece e as coisas demoram muito para desenrolar, mas mesmo assim eu fiquei vidrada nele até eu devorar a última letrinha... Me expliquem isso, por favor.

Ok, eu vou explicar um pouquinho da trama pra vocês, mas não venham esperando uma coisa completamente diferente do primeiro volume, viu?!

Nesse livro temos mais uma vez o grande dilema dos dois: vamos voltar ou vamos terminar? Nos merecemos ou não? Eu te amo ou te odeio? Depois de descobrir o que Hardin fez com ela, Tessa tem certeza que não deve ficar com ele e que ele não merece mais um segundo de seu tempo. Passa a ignorar suas ligações e suas tentativas de reatar o namoro. Só que depois de ter ido morar com ele, fica difícil tem algum lugar para voltar todo dia, por isso, acaba passando alguns dias em um hotel baratinho, para que possa sobreviver até o feriado de natal. Como Hardin ia para Inglaterra ficar com sua mãe, nada mais justo do que ela ficar no apartamento deles só naquela semana...


Enquanto isso, Hardin está cada vez pior. A pessoa que o segurava e o fazia aguentar o peso do mundo se foi e agora ele tem que aprender a conviver com essa perda. Tentou de todas as formas falar com Tessa, mas ela está certa de que não existe mais uma salvação para os dois... Se ela apenas entendesse que a aposta que ele havia feito, foi antes dele se apaixonar por ela... Como fazer com que ela entendesse? Por esse motivo, Hardin acaba cancelando sua viagem para a Inglaterra e prefere que sua mãe venha passar o feriado com ele...

No momento em que Tessa chega no apartamento, se sente muito feliz por ver que ele não está lá. Ou seja, prosseguiu com o plano de ir visitar a mãe. Ela só não esperava ser surpreendida com um Hardin e sua mãe entrando pela porta enquanto ela cozinhava qualquer coisa para comer. E o pior, a mãe dele, uma pessoa carinhosa e simpática, ainda acha que os dois estão juntos. Pois é, é a cara de Hardin não ter contado nada. Por isso, os dois fazem um acordo e concordam que durante o feriado os dois vão fingir que estão juntos para que sua mãe não fique chateada com ele.


Só que esse acordo só funciona da maneira que eles gostariam, em sua imaginação. Afinal, é extremamente difícil ficar ao lado de uma pessoa que você está magoada e ao mesmo tempo tem que ser carinhosa o suficiente para que ninguém descubra isso. E, tá legal, ser carinhosa não é o problema de Tessa, já que os dois são soltam faíscas só de se olhar. E quando tudo começar a se acertar, mais e mais problemas aparecerão entre os dois...

Juro que se essa mãe da Tessa aparecer de novo, eu vou desistir de ler essa série hahaha Ô pessoa insuportável! Eu não aguento ler sobre ela, sério. Acho que esse é o personagem mais irritante que eu já tive o prazer PRAZER NÃO NÉ de “ler”. É até difícil de manter o pique da leitura nas partes dela. Tudo o que eu queria fazer era passar rapidinho haha

Eu gostei muito que esse segundo volume começa no exato momento em que o primeiro acabou e não fica enrolando tanto nas explicações, o que eu sempre odiei. E dessa vez, temos o ponto de vista de Hardin também, o que ajuda muito pra entender algumas de suas ações.

Eu gostei bastante, minha única ressalva é o que eu já tinha comentado: o livro é grande demais e sem muito motivo. Apesar de conhecermos um pouco mais de Hardin, ainda assim, é sempre a mesma coisa para um livro só. Roda, roda e não sai do lugar. Eu entendo que como fanfic, deveria ser ótimo, já que não se posta tudo de uma vez e as pessoas querem ver o circo pegar fogo mesmo haha mas como livro, poderiam ter dado uns cortes na estória, sei lá.

Isso não me impediu de ler feito uma louca haha foi o que eu disse, quero descobrir o que essa mulher fez para que eu ficasse tão presa a uma trama que é tão igual sempre, sei lá... Magia! Valeu a pena, porque gosto dos dois e amo Hardin haha mas se o terceiro livro continuar assim, não sei como vai ser para mim...

Espero que tenham gostado, não esqueçam de comentar, hein?! :) Beijinhos.



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Taí uma série que não tenho a miníma vontade de ler... Nem porque era fanfic, mas a premissa me parece tão batida
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mari lindaaa!
    Fico feliz por você estar curtindo a série, eu li até o terceiro livro e acabei parando, não sei porque, hahah.
    Mulher, é impossível parar de ler depois daquele final do primeiro livro.
    A gente fica numa situação de amor e ódio com o Hardin, é um negócio impossível de controlar.
    Como não se emocionar com os "nove dias"? :(
    Também não curti o fato dos livros serem tão grandes! Parece que o terceiro livro e o quarto eram um só lá fora, mas aqui no Brasil eles dividiram.
    Ameeei a resenha <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo