Sempre Fui Sua (Bully) - Penelope Douglas

terça-feira, 8 de março de 2016
Ano: 2015
Páginas: 368
Editora: Universo dos Livros

Sinopse: Best-seller do The New York Times e do USA Today Primeiro volume da série “Fall Away”, Sempre fui sua narra a história de Tatum Brandt e Jared Trent. Os dois cresceram juntos e se davam muito bem na infância, mas na adolescência essa relação é transformada em um ódio mortal. Jared não perde uma oportunidade de humilhar sua ex-amiga que, pouco a pouco, começa a nutrir um desejo de vingança por ele. Amor ou ódio? Qual será o real sentimento entre os dois? Será que Tate vai perdoar Jared e dar uma chance de reconhecer o seu verdadeiro amor? Será que, na verdade, ela sempre foi dele?


Esse livro já estava no meu celular fazia um tempo. Já tinha começado a ler, mas parei para começar outro e ficou lá. Só me esperando... Até que eu resolvi criar vergonha na cara e continuar a leitura.

Aliás, se você acompanha o blog, sabe que eu sou uma pessoa que para muitos livros e depois retorna como se não fosse nada, né?! haha

Leitora compulsiva que não consegue nem resolver qual livro vai ler primeiro. Eu.

Enfim, vamos ao livro.

Depois de um quebrar o nariz de Madoc e sofrer mais uma vez na mão de Jared, Tate não conseguia acreditar que estava indo estudar na França. E o melhor: beeeeem longe das pessoas que transformaram sua vida em um inferno, Jared e Madoc. Os melhores amigos. Os seres mais insuportáveis da escola e que fizeram bullying com ela até não poder mais. E pior... Sem um motivo claro... Vai entender.

O que a deixava mais chateada não era nem o fato do bullying em si, mas que anos atrás, ela e Jared eram melhores amigos. Daqueles inseparáveis mesmo, que faziam tudo junto, mas alguma coisa aconteceu com ele, quando eles tinham 14 anos, que o transformou nessa pessoa fria que é hoje.

Agora, depois de um ano longe de todo mundo, Tate tem certeza que vai começar seu último ano escolar com o pé direito e não chorar mais com qualquer provocação dos dois.


"Levantei o dedo do meio para ele devagar e perguntei: - Sabe o que é isso? - Com o dedo do meio, afaguei o canto do olho. - Sou eu, esfregando a última lágrima que você vai conseguir tirar de mim." 
Só que sua volta já começou tumultuada. Na primeira vez em que Madoc começa a encher o saco, ela dá um chute no meio de suas pernas, no meio do refeitório. Na frente da escola inteira. Dessa vez, ela está preparada e tem certeza que nada vai conseguir colocá-la pra baixo. Seu último ano será maravilhoso. TEM que ser.

Até ela dar de cara com Jared. Apesar de não existir mais amizade entre os dois, os cutucões, as provocações, e todo esse jogo de gato e rato vai ficando mais pesado e mais difícil de controlar. E o pior, a atração entre os dois aparece e vai aumentando cada vez mais.

Para tentar esquecer tudo o que está acontecendo, Tate começa a se encontrar com um garoto de sua escola, Ben. Aquele cara lindo e maravilhoso que todos querem. A reação de Jared a esse tipo de comportamento dela, chega a ser estranho. Já que toda vez que ele a vê com outro cara, seus punhos se fecham e o olhar perigoso, se torna pior ainda.
"Não senti nenhuma daquelas emoções que K.C. mencionou que você sente quando está perto de um cara atraente. Com certeza não foi o tipo de empolgação que li nos livros sobre garotas do ensino médio e anjos caídos."
As sabotagens entre eles começa a piorar, até que Jared leva K.C., melhor amiga de Tate, para o lugar onde seu namorado está. O problema é que ele está traindo ela! Depois disso, os dois se tornam mais íntimos, até que Tate descobre que os dois estão ficando. COMO ASSIM? Sua melhor amiga está compactuando com o inimigo? Ela tem certeza que Jared está apenas a usando para poder ferir Tate... Mas como contar isso para a amiga sem a machucar?

Agora Tate tem que dar um jeito de arrumar as coisas para o lado de K.C., entender o que aconteceu para que Jared a odiasse tanto e aprender a lidar com seus sentimentos... Já que jogar o jogo deles está mais complicado do que ela imaginava...

Bom, mais um livro amorzinho haha O que eu mais gostei nessa estória, é que a personagem principal é completamente independente e forte. Apesar de ficar chateada com algumas coisas que acontecem com ela, ela não se deixa abalar tão fácil e mostra que uma garota sabe se cuidar e não precisa de ninguém para dizer o que ela precisa fazer ou não! Ponto muito positivo para o livro.

Amei o fato de que a autora usou de alguns toques de humor para deixar a leitura mais leve. Várias vezes me peguei rindo ou sorrindo com as falas dos personagens e com suas ações. Não tem coisa melhor do que se divertir com um livro, mesmo que ele seja um livro de romance.

Existem cenas picantes no livro, mas são poucas e em algumas delas, coisas importantes acontecem, então elas precisavam estar ali para alguns pontos ficassem claros para nós, leitores.

A escrita da autora é bem leve e flui fácil. Terminei o livro e já fui procurar algum outro livro dela para eu ler haha É ótimo quando a autora me faz gostar da forma como ela se expressa. Adorei!

Uma leitura que vale a pena e que é bem legal. É um livro pra quem quer se distrair um pouco! Me contem se vocês já ouviram falar do livro ou se querem ler. Não deixem de me contar :) Beijinhos!



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
6 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

6 comentários:

  1. Curti sua resenha porque ela deu uma iluminada sobre o livro. Eu lia, lia a sinopse, mas conseguia decifrar o que ele se tratava.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah eu nem leio mais sinopse! Ou elas contam demais ou me deixam confusas hahahaha
      Que bom que te ajudei :)
      Beijinhos

      Excluir
  2. Adorei a sua resenha, muito bem escrita! Mas o livro não me chamou tanta atenção assim, sabe? Não curto esse tipo de romance que os dois se machucam mas se amam, sei lá... ALKJLSADKJSLADKJ Enfim, cada um tem seu gosto, né?

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena! O livro é bem gostosinho de ler :)
      Beijinhos

      Excluir
  3. Olá!!
    Eu sempre achei a amiga dela meio "falsiane", muito traíra!! Também estava curtindo muito a fase valentona dela e achei que deveria ter sido prolongada.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu também achei!
      Ela não seria mais minha amiga, não hahaha
      É, você tem razão haha ela forte tava muito legal!!!
      Beijinhos

      Excluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo