8 Segundos - Camila Moreira

terça-feira, 24 de novembro de 2015
Ano: 2015
Páginas: 280
Editora: Suma de Letras


Sinopse: O que fazer, quando dois mundos totalmente diferentes se chocam em uma realidade não esperada? Pietra sempre teve tudo o que desejava, mas após ser obrigada a passar trinta dias isolada em uma das fazendas da família, ela vai descobrir que nem tudo está ao alcance de suas mãos. Um peão de olhos azuis está tirando o sono da princesa da cidade. Lucas Ranger é um homem ligado às coisas mais simples da vida. Suas maiores paixões são o rodeio, o campo e os animais. Lucas não se deixa levar pelos lindos olhos verdes de Pietra, ele sabe que ela significa problema. Mas será que o cowboy indomável, irá se deixar laçar por uma menina de cristal?Oito segundos... uma história de amor e paixão superando as diferenças.



Vamos lá... Não vou esconder de vocês o que eu estou pensando nesse momento... Que é: sei lá o que eu achei e penso sobre esse livro! hahahahaha

Acho que dessa vez, vou ter que fazer os comentários do que eu achei enquanto vou contando a trama pra vocês. Assim, talvez, vocês possam me entender ou até mesmo se perder mais ainda. Mais do que eu já estou perdida hahahahaha Vamos lá.

O livro começa com Pietra chegando na fazenda de seu pai. Uma patricinha que não quer nada sério para sua vida e que tem tudo o que quer e deseja. Claro, só está ali naquele lugar porque foi um acordo que fez com seu pai. Se ficasse um mês na fazenda, ganharia um apartamento na França. Até ai, ok. 

Se não fosse a mesma coisa que o filme da Hannah Montana. GENTE. Como não lembrar? Ainda mais que a escritora faz uma descrição da Pietra chegando lá, que pra mim, é cópia da cena da Miley chegando na fazenda: com salto, uma super mala, sozinha, tendo que se arrastar e enfiando os saltos na lama. É isso que é. Hannah Montana.


Até que ela vê um cara de longe e grita até que ele vá ajudá-la com sua mala, já que ela é a dona ali e é obrigação dele ajudar. Só que quando ela o vê, percebe que ele é muito mais bonito do que esperaria que um roceiro fosse ser. Porém, ela continua sendo a dona de tudo ali e só quer que aqueles trinta dias passem voando para que ela possa fugir logo daquele lugar horroroso.


Ao chegar na casa, recebe mais uma notícia que não a agrada muito, o que não é muito difícil de acontecer, já que ela é uma patricinha bem chata que odeia tudo que não seja muito caro e lindo e maravilhoso e sei lá mais o que. Ela vai ter uma babá. Não uma babá vai, mas uma garota vai acompanhá-la durante os dias que ficará lá, quase como que precisasse ser vigiada para que não faça nenhuma besteira... Talvez ela realmente precisasse.



Ao mesmo tempo que temos os capítulos com o POV de Pietra, podemos saber um pouco mais de Lucas, já que os pontos de vista são intercalados. De um lado, temos uma patricinha insuportável que não sabe o mínimo de educação para tratar as pessoas, e do outro lado, temos um homem lindo, com um coração enorme, que já sofreu muito durante a vida, que cuida do que sobrou de sua família com a própria vida e, claro, um garanhão de primeira. 
- Temos um ditado aqui no campo. - Ele se afastou um pouco e pude ver o desejo em seus olhos. - Nunca provoque um peão: ele só precisa de oito segundos para te enlouquecer.

Os dois sabem muito bem que são de mundos diferentes e que não tem nada de compatível. Só que desde o primeiro momento que colocaram os olhos um no outro, sentiram um tipo de atração. 

Com o passar dos dias, Pietra arruma cada vez mais razões para fazer Lucas perder a cabeça. E com isso podemos ler: joguinhos do amor hahaha Aquela coisa que quem lê esses New Adults estão acostumados a ver. "Te quero. Não te quero. Me ame. Me beije. Me larga. Não te quero mais. Vem. Tchau.", é mais ou menos assim hahaha

Só que conforme o livro vai passando, o foco vai mudando um pouco, tragédias acontecem, a trama acaba ficando um pouco mais pesada, bem diferente daquele romance leve que tinha no começo e, confesso, fiquei sem saber o que pensar.

No começo, não gostei muito da escrita da autora, mas foi indo. Não era ruim ao ponto de eu não conseguir terminar de ler, só não era tão boa quanto a que estou acostumada. Sem falar que algumas palavras que ela usou, me fizeram gargalhar, porque foi impossível ler "potranca" e não pensar em Furacão 2000 ou Jonathan da Nova Geração hahahahaha Tanto que quando juntei isso com o filme da Hannah Montana, tinha certeza que ia ler mais do mesmo. 

É mais do mesmo? Na maior parte dos aspectos, SIM. Porém, ele me fez querer ler sem parar dia e noite. Como se eu fosse perder uma parte da história se eu parasse para dormir ou estudar. Não entendi até agora o que aconteceu hahaha ainda mais porque a maior parte dos acontecimentos, eu já esperava desde a primeira página... Acho que foi magia da boa.

Então já faz uns dias que eu terminei e ainda não consegui resolver se amei, se gostei, e odiei, se deveria ter sido melhor ou se eu sou louca mesmo. Tanto que não sei se fui justa com a nota que dei... É louco, mas é verdade.


Eu tinha certeza que ia odiar, mas alguma coisa aconteceu no meio disso tudo, que me deixou bem confusa hahaha

Eu gostaria muito que vocês comentassem aqui, principalmente quem leu o livro, pra me dar uma luz e me mostrar que eu não estou louca. Ainda. 

Espero que não tenha ficado tão confuso quanto os meus sentimentos por esse livro haha Beijos!



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. ainda não tinha visto mais fiquei encantada e quero muito ler <3
    beijos


    http://www.loucaapaixonada.com/

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo