Caixa de Pássaros – Josh Malerman

sexta-feira, 14 de agosto de 2015
Ano: 2015
Páginas: 272

Editora: Intrínseca


Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. 
Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.


Gostaria de dizer que essa resenha foi fácil de ser feita e que tinha tanta coisa pra escrever que eu só parei porque estava grande demais... Mas o problema é que se eu escrever tudo o que eu quero, a história não vai ter graça nenhuma pra quem for ler depois, então me desculpem pelas poucas informações.

Malorie é uma mulher que viveu quatro anos presa em uma casa que mantinha a porta trancada e as janelas fechadas e tapadas com cortinas e madeiras. Nessa casa ela e duas crianças de quatro anos tentam sobreviver da melhor forma possível. Não tem energia, água encanada ou qualquer outro luxo que qualquer outro lugar teria. Para buscar água, eles precisam sair e ir até o poço ao lado da casa para pegar alguns baldes. O problema? Toda vez que eles saem da casa, vendam os olhos. Pois lá fora, há alguma coisa da qual eles não entendem e que precisa ser evitada a qualquer custo. Até que chega a hora de dar um jeito em sua vida, e essa hora é agora.

Como uma boa mãe, Malorie treinou muito bem as crianças para que elas ouvissem tudo que acontecesse a sua volta. A audição de todos fica muito mais apurada do que a própria visão. E é contando com isso que ela venda as crianças, coloca sua própria venda e sai de casa rumo a um lugar mais seguro. O único problema é que para chegar lá, eles tem que entrar em um barco e remar 30km. Remar. Vendados. Sem saber se o perigo que todos temem, está a espera dos três.

Ao mesmo tempo, o livro mostra Malorie quatro anos antes, grávida. O que era pra ser uma época feliz de sua vida, vira um pesadelo. Quando um surto mundial começa a deixar a população apavorada. As pessoas afetadas olharam para alguma coisa que as fez se matar e matar pessoas ao seu redor. Simples assim. Sem mais explicações. O pânico é geral, afinal o que há de tão perigoso lá fora que causa essa loucura nas pessoas?

Conforme a situação vai ficando mais feia e cada vez mais pessoas morrem, Malorie decide que não tem uma forma de ignorar isso. E após acontecimentos, ela foge para uma casa que esta servindo de refugio para quem conseguir sobreviver e não quiser passar por isso sozinho. Ao chegar lá encontra pessoas que ficarão com ela pelo tempo decisivo de sua vida, eles viram seus familiares. São as pessoas com que se preocupa. Mas ninguém está salvo de uma coisa que ninguém sabe o que é.

Vi muitas resenhas falando mal desse livro, que esperavam mais e que decepcionou. Mas pra mim, foi sensacional. É escrito de forma genial, eu fiquei assustada e com medo por eles. Estava esperando a hora que uma criatura entrasse no meu quarto e me fizesse ter vontade de me matar hahaha juro. Sou um pouco medrosa mesmo, então o autor conseguiu me assustar, como deveria ser o objetivo dele!

Mas como nada é perfeito, é claro que teve seus pontos baixos, como o final, por exemplo. Não tenho como falar que amei o final da mesma forma que amei o livro inteiro. Fiquei um pouquinho decepcionada, pois esperava uma coisa que me deixasse de boca aberta. Porém, não tem como jogar fora quase 200 páginas ótimas, por três que não me agradaram. E depois do choque passar, dá pra entender o porque de ter terminado daquela forma.

De qualquer forma, eu achei show, sensacional. Li em dois dias, comendo o livro, não consegui fazer mais nada que não fosse acompanhar Malorie, vendada, em sua jornada. É um ótimo livro, se você estava na dúvida, como eu, te digo para ir em frente e ler :)



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
6 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

6 comentários:

  1. CARAMBA que suspense haha fiquei curiosa! P.S adorei o layout e a organização do blog,sucesso gatona!
    http://michaeledesign.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros assim que te prendam na leitura e pelo visto esse é assim! E quanto ao final, quase todos os livros que li tem uma história maravilhosa, mas pecam no final, porque será né?

    Bolicho da Guria
    Fan Page

    ResponderExcluir
  3. Só de ler o título e ver a capa já fiquei curiosa acredita? hahaha
    Quero muito ler esse livro principalmente pela sua resenha, arrasou. Creio que irei devorá-lo assim como você hahha
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bem?
    Nossa, tem um filme que passava no SBT que era meio assim, uma mulher numa casa, com seus dois filhos (porém tinham os empregados), mas as crianças não saiam de casa e tudo lá era escuro e nunca entrava a luz do dia, mas eu não lembro o nome do filme, rs
    Mas fiquei curiosa por todo esse suspense e "medinho"!
    Umbeijo :)
    https://vaibemcomtudo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Caramba :O
    Você me deixou com uma vontade incontrolável agora de ler este livro, vou até indica-lo para uma amiga que adora esse gênero de livro.
    Xoxo :*
    www.Isabelamingues.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo