A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard

quarta-feira, 12 de agosto de 2015
Ano: 2015
Páginas: 424
Editora: Seguinte


Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.


Demorei um pouquinho pra ler, mas não porque a história é ruim, o livro não prende ou qualquer coisa negativa. Meu problema foi estar obcecada por Pretty Little Liars hahaha e o novo layout do blog e outras coisas que acabaram atrasando a leitura! No fim, quem acabou lendo o livro até às 3h da manhã, fui eu hahaha

O livro conta a história de Mare Barrow, uma garota que vive em um mundo onde há dois tipos de sangue: vermelho e prateado. Os vermelhos são os pobres, pescadores, costureiras, criados... Além de que se há uma batalha, eles que são obrigados a ir para a guerra. Já os prateados são os ricos, que se vestem da melhor forma possível, odeiam os vermelhos e acham que mais ninguém presta. Ah, sem falar que eles têm poderes.

Mare é uma vermelha e sua família está desmontada, já que três, dos seus quatro irmãos, estão na guerra. Só resta ela e sua irmã, Gisa, em casa. Para tentar conseguir cuidar da casa onde sua mãe esta despedaçada e seu pai tem um pulmão artificial por causa da guerra. Com uma vida difícil, Mare vive a vida como ladra, já que não tem aptidão para mais nada, bem diferente da sua irmã que é costureira e solicitada pelos prateados.

O problema é que se você não tem nenhuma profissão ou não é aprendiz de ninguém, quando completa 18 anos, você é automaticamente convocado para a guerra. E faltam apenas alguns dias para que ela seja chamada. Parece que nada pode piorar, até que Kilorn, seu melhor amigo desde sempre, é convocado para a guerra. Mesmo procurando por formas de fugirem da convocação, Mare não tem dinheiro suficiente para pagar a saída dos dois, de forma clandestina, da cidade. Tudo parece estar ruindo. Ela se sente cada vez pior e mais triste.

Até que quando tenta roubar um homem, a coisa mais estranha acontece. Ele sente pena dela. Mesmo pegando ela tentando roubar sua carteira, ele dá uma moeda que vale mais que tudo que ela tem em casa. Ele se apresenta como Cal e ainda a leva para casa, depois de ouvir toda a triste história que ela não conseguiu segurar. Mas o que ela não sabia era que esse encontro iria mudar sua vida.

Logo depois, ela é chamada para trabalhar como empregada no castelo do rei, escapando da convocação para a guerra. E quando chega lá, percebe que Cal, o garoto que a ajudou na noite anterior, é nada menos que o príncipe. Ela não sabe o que pensar, o que fazer, afinal, o que o príncipe estava fazendo com os vermelhos? E por que ele teve pena dela daquela forma? Por que ele a salvou da convocação?

Nenhuma pergunta é respondida antes de ela ter a maior duvida da vida dela. Pois durante uma apresentação no castelo, logo no seu primeiro dia de trabalho, Mare descobre que tem poderes, assim como os prateados. Mas como? Como isso é possível se ela é uma vermelha? E para piorar, tudo isso acontece na frente das Casas mais importantes de prateados... Agora Mare terá que lidar com a família real, com todos os prateados, sua família e ainda entender todos os ataques que começam a acontecer contra a capital por um grupo de vermelhos chamado Guarda Escarlate...

Mais uma distopia e eu adoro esse tipo de história. Finalmente, depois de tantos New Adults, temos uma mulher, como personagem principal, que é forte, independente e sabe o que quer. Claro, há um romance aqui e ali, mas são essenciais para a história, e mesmo que não fossem, são coisas tão pequenas comparadas ao resto dos acontecimentos, que fica bem sutil. Sem falar que até a última página do livro, eu tinha certeza absoluta de que tudo terminaria em um livro e adeus trilogias... Mas não!!! E agora não tenho nem ideia de quando vai sair a continuação e até lá vou chorar para saber o que vai acontecer hahahahahaha

Acho que qualquer fã de distopias vai adorar esse livro, já que tem bastante ação e é uma luta entre egos o tempo inteiro, onde a personagem principal é uma guerreira e faz tudo pensando com o coração. É um livro cheio de reviravoltas até a última página. Quando você pensa que as coisas estão se acertando, você erra e erra e erra só mais uma vez pra não perder o hábito hahahaha Mas é um livro que eu gostei bastante e que vale a pena ler! Super indico :)
Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, parece ser bom depois vou procurar.

    www.garotadeestilo.com

    ResponderExcluir
  2. Oii Marianna, tudo bem? :)
    Adorei o teu blog, ótimo conteúdo e bons post! Quero dar-te os parabéns e desejar-te imenso sucesso porque tu mereces.
    Seguindo porque realmente gostei, se puderes passa lá no meu blog também querida e caso gostes segue e comenta quero leitores fiéis ;) , ficarei muito grata! Beijo ♥ Blog Alexandra's World

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo