Subindo pelas paredes – Alice Clayton

quarta-feira, 8 de julho de 2015
Ano: 2014
Páginas: 280
Editora: Benvirá

Sinopse: A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é promessa de que dias – e noites – agitada virão. Ela não poderia imaginar que dividira a fina parede de seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes.

Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina pode ser o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em “Subindo pelas paredes”, Alice Clayton mistura humor paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar


Mais um New Adult. Acho que vou ter uma overdose desse gênero antes que eu possa mudar para o próximo hahahaha E além disso, também é mais uma fanfic de Crepúsculo. Mas essas fãs são safadinhas hein hahaha

Caroline é uma designer de interiores que está começando a se tornar conhecida no ramo. E que além de amar o que faz, trabalha muito para socialites, casas das quais ela só vai entrar a trabalho mesmo. E não existe momento mais feliz para ela quando finalmente ela consegue alugar um apartamento e viver sozinha com seu gato, Clive, que morre de ciúmes dela, já que Jillian, sua chefe, disponibiliza esse apartamento para ela.

Agora nada poderia dar errado, sua vida está linda e maravilhosa, tudo o que ela queria. Até que em sua primeira noite, quando ela está deitada pronta para dormir, ela ouve. Tum. Tum. Tum. Enquanto ela e Clive se olham tentando entender o que é aquele som, ela ouve gemidos e uma mulher pouco escandalosa do outro lado da parede. Meu deus, aquilo era o que ela estava pensando?

Primeira, segunda e terceira noite. Aquele Tum Tum não dava um tempo para que ela conseguisse dormir, nem as três garotas diferentes que viviam aparecendo no apartamento ao lado. Depois de uma semana caindo de sono no trabalho e sem conseguir se concentrar direito, quando o primeiro Tum se fez ouvir na sua parede, atrapalhando seu momento com um provável O (é, orgasmo), o qual ela sente tanta falta e é tão difícil de conseguir, ela simplesmente perde a cabeça. Levanta e vai bater na porta do vizinho. Ok, bater na porta é ser legal, muito legal, porque ela praticamente derruba a porta de tanta raiva que ela está sentindo. Até que Simon abre a porta. Apenas com um lençol em seus quadris. E é nesse momento que tudo desaparece. Menos Simon.


Para ser honesta, eu já tinha lido outros livros da Alice Clayton e apesar de saber que era uma história no estilo Hot, ela tinha me cansado um pouco. Os personagens eram show de bola, mas a história em si, bom, não tinha muita história haha Mas nesse livro, ela soube trabalhar melhor com o assunto e torna-lo muito engraçado. Mesmo a história sendo um pouco clichê e muito previsível, você ri muito com Caroline e ama Simon de uma forma fácil e simples. É aquele tipo de livro que você só para de ler quando chega na última página. Adorei.



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
1 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

1 comentários:

  1. Sempre tive a vontade de ler mais sempre colocou outros livros na frente....
    Rsrsr amei o post parabéns
    Visite meu blog se der
    www.melissamessa.vv.si

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo