Até você ser minha – Samantha Hayes

sexta-feira, 31 de julho de 2015
Ano: 2015
Páginas: 336

Editora: Intrínseca


Sinopse: A assistente social Claudia Morgan-Brown está prestes a realizar o sonho de sua vida: vai dar à luz uma menininha. Apesar da ausência do marido ao longo da gravidez – James é oficial da Marinha e fica semanas e até meses longe de casa –, ela mal pode esperar para segurar seu bebê nos braços após várias tentativas e perdas. Porém, as diversas tarefas de Claudia, além da responsabilidade de cuidar dos gêmeos Oscar e Noah, filhos do primeiro casamento de James, deixam o casal preocupado. A próxima partida de James se aproxima, e eles decidem contratar uma babá. Zoe Harper quer muito o emprego. Com as melhores recomendações, ela conquista os gêmeos e se muda para o lar do casal. Mas Claudia logo percebe que a mulher tem outros motivos para se aproximar da família. As suspeitas de Claudia se transformam em verdadeiro terror quando começa a ocorrer uma série de ataques brutais a mulheres grávidas na cidade. Imersos em problemas familiares, os investigadores Lorraine Fisher e Adam Scott são forçados a deixar suas questões de lado e correr contra o tempo para encontrar o assassino antes que ele cometa mais um crime. Uma narrativa repleta de reviravoltas, Até você ser minha traz os desejos humanos mais intensos e mostra quão longe alguém pode chegar para conseguir o que quer.


Até você ser minha é um livro que estava na minha lista de “desejados” já faz um tempo. Tanto que quando tive a oportunidade de compra-lo, não pensei duas vezes. Mas o que fazer quando um livro que você queria MUITO se mostra cansativo?

O livro mostra a história de várias pessoas: Claudia Morgan-Brown, uma mulher grávida que esta a procura de uma babá para quando sua filha nascer; Zoe Harper, a tal babá escolhida; e, Lorraine Fisher, uma investigadora da polícia. A história mostra a dúvida de uma mãe, os segredos de uma babá e a maneira como o trabalho pode atrapalhar a vida de uma mãe policial.

As protagonistas são Claudia e Zoe. A primeira, esta com seu segundo marido, James, um oficial da marinha que passa a maior parte de seu tempo em um submarino. Com ele, Claudia também ganhou dois filhos, os gêmeos Noah e Oscar, filhos do primeiro casamento de James. Agora, finalmente está grávida e poderá ter a sua menininha que tanto sonhou! E para isso, vai precisar da ajuda de uma pessoa, já que seu marido estará no mar na data do nascimento.

Depois de avaliar tantas pessoas, finalmente escolhe Zoe para ser a babá. Uma mulher de 31 anos, que tem ótimas recomendações e que já fez vários cursos. O problema é que conforme os dias vão passando, apesar de Zoe se mostrar extremamente útil e carinhosa com as crianças, Claudia começa a desconfiar de algumas ações da babá. Cheiro de cigarro, sangue... Coisas que qualquer outra mãe não teria suportado, mas que talvez ela esteja sendo apenas muito desconfiada. Até demais.

Por outro lado, temos Lorraine, uma investigadora que tem que trabalhar com seu marido, um homem infiel, que ela apenas suporta pelas suas duas filhas. O problema de sua vida, é que ela deixa o trabalho sempre em primeiro lugar. E é o que faz, mais uma vez, quando uma grávida é assassinada e tem sua barriga cortada e o bebê retirado de dentro. É o crime que mais mexe com ela e seu marido, Adam. Agora, os dois terão que dar um jeito de sua vida pessoal não interferir no trabalho para que possam encontrar a pessoa que cometeu esse terrível ato.

Dizer que eu amei? Odiei? To mais pra “não sei o que pensar sobre essa história, esse livro, esses personagens...”. É extremamente bem escrito, assim como o prometido. Mas e todo o terror e medo e tensão? Essa parte eu devo ter pulado, já que achei o livro meio cansativo, meio enrolado demais. No final, você entende que para ser surpreendido no final, você tem que ler toda essa enrolação, mas não é o bastante para te fazer esquecer o quanto você foi enrolado.


Não sei se diria “NOSSA, LEIA ESSE LIVRO, SENÃO VOCÊ VAI MORRER MENOS FELIZ”, porque não. Se eu nunca tivesse ouvido falar dele, provavelmente não estaria perdendo muita coisa. Claro, que para me deixar surpreendida no final, é porque foi realmente bom, tive até que voltar algumas páginas e ler novamente para ter certeza se tinha lido certo haha Esse está sendo um daqueles livros que eu termino de ler e não sei o que achei dele haha
Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo